Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 4 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Sabores de Jackson


Thiago Mariano
Do Diário do Grande ABC

17/04/2010 | 07:00


Carne seca, feijão fradinho gratinado, costela bovina, queijo coalho, doce de banana e muitas outras delícias nordestinas. Não é um restaurante típico, é o Sesc Santo André.

Lá é a ocasião que faz o prato, e como é período da exposição "Jackson do Pandeiro - A Trajetória do Rei" do Ritmo, que vai até 23 de maio, as culinárias que se misturam à trajetória do ritmista entraram no cardápio da unidade.

Na verdade, não é só o Nordeste - representado pelas culinárias da Paraíba, Pernambuco e Bahia - que está presente. Sabores do Rio de Janeiro, local onde o músico viveu o fim da vida, também surge em bolinhos e porções especiais.

"Abordamos os temas de forma multidisciplinar, para captar o maior número de interessados. No caso do Jackson, especificamente, a exposição multimídia atrai pessoas mais jovens e a seleção gastronômica pega um outro público, que acaba entrando no universo cultural da exposição", conta Diogo de Moraes, técnico de programação do Sesc Santo André.

Minicursos seguidos de degustação aproximam ainda mais os universos. Quinta-feira teve apresentação da oficina "Pernambuco - Sabores de Todos os Cantos", com o chef Francisco Rebelo. A degustação foi carne de sol acebolada e arroz com queijo coalho. As próximas serão da Bahia (dia 29) e Rio de Janeiro (dia 20 de maio).

"Não é só comer, mas vivenciar a gastronomia com troca de experiência e conhecimento", conta Adriana Iervolino, coordenadora de alimentação.

Outros projetos, como "Batuque na Cozinha", realizado no mês de novembro, por ocasião do Dia da Consciência Negra, trouxe a culinária africana; e um voltado para as comidas mediterrâneas, celebrando uma mostra cultural internacional, já fizeram parte da rotina da cozinha, que nunca deixa de preparar os pratos normais para quem prefere não arriscar novos sabores.

Lá, as comidas são servidas em PF (Prato Feito). Com porções generosas, os preços variam entre R$ 8 e R$ 13. O cardápio é separado por outono/inverno e primavera/verão. Sopas e massas, que estão presentes na época mais fria do ano, serão servidas a partir do dia 25 de maio. Por ora, grelhados e saladas, além das delícias nordestinas, são opções na ampla lanchonete da unidade.

Sesc Santo André - Rua Tamarutaca, 302, Santo André. Tel.: 4469-1200. De Ter. a 6ª, das 12h às 21h; sáb. e dom., das 12h às 15h. Cartão: Todos. Estacionamento: sim, R$ 2 a primeira hora e R$ 1 cada adicional.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sabores de Jackson

Thiago Mariano
Do Diário do Grande ABC

17/04/2010 | 07:00


Carne seca, feijão fradinho gratinado, costela bovina, queijo coalho, doce de banana e muitas outras delícias nordestinas. Não é um restaurante típico, é o Sesc Santo André.

Lá é a ocasião que faz o prato, e como é período da exposição "Jackson do Pandeiro - A Trajetória do Rei" do Ritmo, que vai até 23 de maio, as culinárias que se misturam à trajetória do ritmista entraram no cardápio da unidade.

Na verdade, não é só o Nordeste - representado pelas culinárias da Paraíba, Pernambuco e Bahia - que está presente. Sabores do Rio de Janeiro, local onde o músico viveu o fim da vida, também surge em bolinhos e porções especiais.

"Abordamos os temas de forma multidisciplinar, para captar o maior número de interessados. No caso do Jackson, especificamente, a exposição multimídia atrai pessoas mais jovens e a seleção gastronômica pega um outro público, que acaba entrando no universo cultural da exposição", conta Diogo de Moraes, técnico de programação do Sesc Santo André.

Minicursos seguidos de degustação aproximam ainda mais os universos. Quinta-feira teve apresentação da oficina "Pernambuco - Sabores de Todos os Cantos", com o chef Francisco Rebelo. A degustação foi carne de sol acebolada e arroz com queijo coalho. As próximas serão da Bahia (dia 29) e Rio de Janeiro (dia 20 de maio).

"Não é só comer, mas vivenciar a gastronomia com troca de experiência e conhecimento", conta Adriana Iervolino, coordenadora de alimentação.

Outros projetos, como "Batuque na Cozinha", realizado no mês de novembro, por ocasião do Dia da Consciência Negra, trouxe a culinária africana; e um voltado para as comidas mediterrâneas, celebrando uma mostra cultural internacional, já fizeram parte da rotina da cozinha, que nunca deixa de preparar os pratos normais para quem prefere não arriscar novos sabores.

Lá, as comidas são servidas em PF (Prato Feito). Com porções generosas, os preços variam entre R$ 8 e R$ 13. O cardápio é separado por outono/inverno e primavera/verão. Sopas e massas, que estão presentes na época mais fria do ano, serão servidas a partir do dia 25 de maio. Por ora, grelhados e saladas, além das delícias nordestinas, são opções na ampla lanchonete da unidade.

Sesc Santo André - Rua Tamarutaca, 302, Santo André. Tel.: 4469-1200. De Ter. a 6ª, das 12h às 21h; sáb. e dom., das 12h às 15h. Cartão: Todos. Estacionamento: sim, R$ 2 a primeira hora e R$ 1 cada adicional.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;