Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Grande ABC inaugura 100ª paróquia

Anderson Silva/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Comunidade católica instalada há 15 anos no Jardim Itapeva foi elevada a igreja na noite de ontem


Natália Fernandjes
Do Diário do Grande ABC

18/06/2016 | 07:00


O Grande ABC foi contemplado, ontem, com a 100ª igreja católica. A unidade, denominada São José Operário, fica na Rua Pedro Brancalion, 12, no Jardim Itapeva, em Mauá. Cerca de 300 fiéis acompanharam a cerimônia presidida pelo bispo da Diocese de Santo André, que inclui também os demais municípios da região, dom Pedro Carlos Cipollini.

A nova igreja surgiu como comunidade religiosa pertencente à Paróquia São João Batista, no bairro São João, há 15 anos, destaca o bispo diocesano. Com sua elevação, a unidade passa a contar com cinco comunidades: São Francisco de Assis, Cristo Operário, Sagrada Família, Nossa Senhora da Visitação e Nossa Senhora Aparecida.

O padre José Soares Rodrigues, mais conhecido como Zezé, antes vigário paroquial da Igreja São João Batista, foi nomeado administrador da São José Operário. Conforme dom Pedro, “se o padre se der bem nessa função e aceitar”, poderá ser, futuramente, designado pároco da unidade.

Junto da chave da sacristia e dos livros de registros de casamento, batizado e crisma, padre Zezé recebeu a tarefa de representar a igreja juridicamente (exceto nas compras de imóveis e carros) e de “se fazer presente na comunidade”, de acordo com o bispo. “Como diz o ditado popular: o que engorda o rebanho é o olho do pastor. O padre está aqui para conhecer, amar e servir”, diz dom Pedro. A unidade poderá realizar celebração eucarística duas vezes ao dia durante a semana e três vezes aos domingos.

Para a comunidade, que lotou a igreja e ocupou parte da rua, onde foi instalado telão para transmissão da missa, o líder da Igreja Católica na região designou a tarefa de perseverar diante das crises em busca da construção de tesouro no céu: o amor. “Não precisamos produzir bens materiais, mas aquilo que nós não levamos dessa Terra”, recomenda.

A dona de casa Maria José Ribeiro, 59 anos, acompanhou emocionada a cerimônia. “É um dia muito feliz para a nossa comunidade”, considera.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Grande ABC inaugura 100ª paróquia

Comunidade católica instalada há 15 anos no Jardim Itapeva foi elevada a igreja na noite de ontem

Natália Fernandjes
Do Diário do Grande ABC

18/06/2016 | 07:00


O Grande ABC foi contemplado, ontem, com a 100ª igreja católica. A unidade, denominada São José Operário, fica na Rua Pedro Brancalion, 12, no Jardim Itapeva, em Mauá. Cerca de 300 fiéis acompanharam a cerimônia presidida pelo bispo da Diocese de Santo André, que inclui também os demais municípios da região, dom Pedro Carlos Cipollini.

A nova igreja surgiu como comunidade religiosa pertencente à Paróquia São João Batista, no bairro São João, há 15 anos, destaca o bispo diocesano. Com sua elevação, a unidade passa a contar com cinco comunidades: São Francisco de Assis, Cristo Operário, Sagrada Família, Nossa Senhora da Visitação e Nossa Senhora Aparecida.

O padre José Soares Rodrigues, mais conhecido como Zezé, antes vigário paroquial da Igreja São João Batista, foi nomeado administrador da São José Operário. Conforme dom Pedro, “se o padre se der bem nessa função e aceitar”, poderá ser, futuramente, designado pároco da unidade.

Junto da chave da sacristia e dos livros de registros de casamento, batizado e crisma, padre Zezé recebeu a tarefa de representar a igreja juridicamente (exceto nas compras de imóveis e carros) e de “se fazer presente na comunidade”, de acordo com o bispo. “Como diz o ditado popular: o que engorda o rebanho é o olho do pastor. O padre está aqui para conhecer, amar e servir”, diz dom Pedro. A unidade poderá realizar celebração eucarística duas vezes ao dia durante a semana e três vezes aos domingos.

Para a comunidade, que lotou a igreja e ocupou parte da rua, onde foi instalado telão para transmissão da missa, o líder da Igreja Católica na região designou a tarefa de perseverar diante das crises em busca da construção de tesouro no céu: o amor. “Não precisamos produzir bens materiais, mas aquilo que nós não levamos dessa Terra”, recomenda.

A dona de casa Maria José Ribeiro, 59 anos, acompanhou emocionada a cerimônia. “É um dia muito feliz para a nossa comunidade”, considera.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;