Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 27 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Só ocupei espaço antes vazio, rebate Bonome sobre acusações do prefeito Aidan Ravin


Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

29/09/2012 | 06:04


 

Rebatendo acusações do prefeito Aidan Ravin (PTB), o candidato ao Paço de Santo André pelo PMDB, Nilson Bonome, afirmou ontem que somente ocupou "espaço antes vazio na administração petebista", ao reiterar que em nenhum momento desapontou a confiança do chefe do Executivo. "Prova disso é que ele nunca me tirou de qualquer secretaria. As três Pastas (Finanças, Saúde e Gabinete) que comandei, eu quem pedi para sair."

Em entrevista à Rádio ABC, o prefeito disse que "muita gente que estava perto, falando que era braço-direito, traiu e abandonou (o governo)". Rechaçando as declarações do petebista, o peemedebista sustentou que se mantém "fiel à pessoa Aidan", pois nunca houve traição. "'Apenas busquei o meu espaço e sempre afirmei que as ações eram do governo. Em nenhuma ocasião puxei brasa para minha sardinha. Desempenhei o meu papel, mas tenho direito de concordar com a postura do governo a partir de outubro."

Bonome pediu exoneração da administração em 31 de janeiro para encabeçar chapa majoritária peemedebista na eleição contra o ex-comandante. "Já estava com a mentalidade de sair. Mesmo sem o PMDB deixaria o governo."

O ex-homem-forte da gestão revelou que em novembro entregou documento para Aidan, no qual constava 32 itens prioritários. "Meu poder já estava reduzido em 90%, mas falei: ‘Se o senhor conseguir fazer essas ações não perde nem para o (ex-presidente) Lula'". Entre as propostas, a cobertura do Boulevard Itambé, a revitalização do Cine Teatro Carlos Gomes, implantar Poupatempo de serviços, concluir reforma do Estádio Bruno Daniel e inaugurar três UPAs 24 horas. A maioria não saiu do papel.

 

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;