Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 15 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

São Bernardo retoma projeto do futsal adulto

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Equipe, que disputou a Liga Nacional três vezes, regressa com jogadores de times amadores da cidade


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

09/03/2020 | 02:23


Quatro anos depois, São Bernardo terá novamente uma equipe de futsal masculina adulta. Baseado em tradição e capitaneado pelo dirigente e técnico Luizão, o AD São Bernardo Futsal reiniciou na semana passada os treinos visando a Liga Paulista de Futsal, que começa no dia 20, em duelo contra a poderosa Intelli. Com orçamento limitado, mas muita vontade, o cartola recorreu aos times amadores da cidade para formar o elenco. E foi assim que Sparta, Vila Gonçalves, Independente, Jardim Limpão e JM cederam algumas de suas principais peças, que agora tentarão sucesso a nível profissional.

Esta mesma fórmula de buscar força no amador teve resultado positivo recentemente em duas cidades vizinhas, tanto no projeto de futsal do Santo André quanto no futebol de campo do Mauá FC. “Para a gente foi muito importante recomeçar o futsal. Estamos envolvendo as equipes que disputam o campeonato da cidade. Então tem tudo para dar certo. Vamos ter dificuldade na formação da equipe, mas estamos sentindo energia muito positiva”, destacou Luizão.

Nem todos estes atletas, porém, são inexperientes – apesar de a média de idade ficar perto dos 21 anos. “Alguns jogaram em categorias de base ou em clubes, mas a maioria tem sonho de disputar uma Liga Paulista e, futuramente, a Liga Nacional, então estão acreditando neste projeto de recomeço”, destacou o dirigente, que não exigiu desligamento dos jogadores com seus times de fim de semana. “Os jogos da Liga e da Copa são durante a semana. Mas a gente pede para que deem maneirada para não afetar nosso trabalho aqui, na parte de condição física. Mas é via de duas mãos: eles nos ajudam e nós ajudamos eles também”, disse.

São Bernardo já disputou por três temporadas seguidas a Liga Nacional, na década de 2010. E a ideia é retornar ao cenário brasileiro, junto de grandes times e jogadores. “Posso ser muito sonhador, mas em dois ou três anos estaremos voltando à Liga Nacional”, projetou Luizão.

A Prefeitura será apoiadora cedendo o Ginásio Poliesportivo para os jogos e dando ajuda logística. “São Bernardo faz parte do cenário nacional do futsal e fico feliz por estar resgatando de forma humilde, com jogadores da cidade e da região, que entenderam a proposta de resgatar a modalidade”, afirmou o secretário de Esportes e Lazer, Alex Mognon.

O orçamento do projeto é enxuto. Ainda assim, a vontade prevalece. “Estamos começando modestos, com custo de R$ 15 mil a R$ 20 mil por mês para bancar atletas e estruturas de jogo e viagem do campeonato”, explicou Luizão.

EXPERIÊNCIA
Entre tantos jovens, o ala/pivô Bruno acaba sendo um veterano, mesmo com apenas 26 anos. Jogador de futsal desde os 5, passou por clubes como Juventus e Portuguesa. Há seis temporadas, porém, foi atrás de um sonho: jogar futebol de campo. Porém, depois de muita luta e pouco retorno, decidiu agora retornar à quadra.

“Nestes últimos seis anos me dediquei totalmente ao campo. Deixei de lado o futsal. Mas quero voltar, focar e trabalhar. Saber, sei. Só preciso readaptar o estilo, porque são totalmente diferentes”, explicou Bruno, que ressaltou o pouco tempo de treino até o primeiro jogo, mas indicou o caminho. “Vamos trabalhar e correr dobrado para chegar na estreia e fazer bom jogo contra a Intelli.”

O fato de diversos dos jogadores virem dos campeonatos amadores, segundo Bruno, traz uma vantagem: entrosamento. “Muitos se conhecem, jogam em times da cidade. Talvez não tenham experiência em campeonatos da federação, mas estão com vontade de aparecer”, concluiu. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Bernardo retoma projeto do futsal adulto

Equipe, que disputou a Liga Nacional três vezes, regressa com jogadores de times amadores da cidade

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

09/03/2020 | 02:23


Quatro anos depois, São Bernardo terá novamente uma equipe de futsal masculina adulta. Baseado em tradição e capitaneado pelo dirigente e técnico Luizão, o AD São Bernardo Futsal reiniciou na semana passada os treinos visando a Liga Paulista de Futsal, que começa no dia 20, em duelo contra a poderosa Intelli. Com orçamento limitado, mas muita vontade, o cartola recorreu aos times amadores da cidade para formar o elenco. E foi assim que Sparta, Vila Gonçalves, Independente, Jardim Limpão e JM cederam algumas de suas principais peças, que agora tentarão sucesso a nível profissional.

Esta mesma fórmula de buscar força no amador teve resultado positivo recentemente em duas cidades vizinhas, tanto no projeto de futsal do Santo André quanto no futebol de campo do Mauá FC. “Para a gente foi muito importante recomeçar o futsal. Estamos envolvendo as equipes que disputam o campeonato da cidade. Então tem tudo para dar certo. Vamos ter dificuldade na formação da equipe, mas estamos sentindo energia muito positiva”, destacou Luizão.

Nem todos estes atletas, porém, são inexperientes – apesar de a média de idade ficar perto dos 21 anos. “Alguns jogaram em categorias de base ou em clubes, mas a maioria tem sonho de disputar uma Liga Paulista e, futuramente, a Liga Nacional, então estão acreditando neste projeto de recomeço”, destacou o dirigente, que não exigiu desligamento dos jogadores com seus times de fim de semana. “Os jogos da Liga e da Copa são durante a semana. Mas a gente pede para que deem maneirada para não afetar nosso trabalho aqui, na parte de condição física. Mas é via de duas mãos: eles nos ajudam e nós ajudamos eles também”, disse.

São Bernardo já disputou por três temporadas seguidas a Liga Nacional, na década de 2010. E a ideia é retornar ao cenário brasileiro, junto de grandes times e jogadores. “Posso ser muito sonhador, mas em dois ou três anos estaremos voltando à Liga Nacional”, projetou Luizão.

A Prefeitura será apoiadora cedendo o Ginásio Poliesportivo para os jogos e dando ajuda logística. “São Bernardo faz parte do cenário nacional do futsal e fico feliz por estar resgatando de forma humilde, com jogadores da cidade e da região, que entenderam a proposta de resgatar a modalidade”, afirmou o secretário de Esportes e Lazer, Alex Mognon.

O orçamento do projeto é enxuto. Ainda assim, a vontade prevalece. “Estamos começando modestos, com custo de R$ 15 mil a R$ 20 mil por mês para bancar atletas e estruturas de jogo e viagem do campeonato”, explicou Luizão.

EXPERIÊNCIA
Entre tantos jovens, o ala/pivô Bruno acaba sendo um veterano, mesmo com apenas 26 anos. Jogador de futsal desde os 5, passou por clubes como Juventus e Portuguesa. Há seis temporadas, porém, foi atrás de um sonho: jogar futebol de campo. Porém, depois de muita luta e pouco retorno, decidiu agora retornar à quadra.

“Nestes últimos seis anos me dediquei totalmente ao campo. Deixei de lado o futsal. Mas quero voltar, focar e trabalhar. Saber, sei. Só preciso readaptar o estilo, porque são totalmente diferentes”, explicou Bruno, que ressaltou o pouco tempo de treino até o primeiro jogo, mas indicou o caminho. “Vamos trabalhar e correr dobrado para chegar na estreia e fazer bom jogo contra a Intelli.”

O fato de diversos dos jogadores virem dos campeonatos amadores, segundo Bruno, traz uma vantagem: entrosamento. “Muitos se conhecem, jogam em times da cidade. Talvez não tenham experiência em campeonatos da federação, mas estão com vontade de aparecer”, concluiu. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;