Fechar
Publicidade

Sábado, 28 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Depois de derrota na eleição a deputado estadual, Marcelo Lima sinaliza com saída do PPS

Andréa Iseki/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Vereador diz que iniciou conversas, mas despista sobre futuro político


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

21/11/2014 | 07:00


Candidato derrotado a deputado estadual na eleição do dia 5 de outubro, o vereador Marcelo Lima, de São Bernardo, prepara saída do PPS. Descontente no partido, ele iniciou conversas com líderes políticos da cidade com objetivo de traçar alternativa a seu futuro político.

Marcelo recebeu 35.061 votos no total, sendo 26.348 deles em São Bernardo. O desempenho no município foi o quarto melhor do pleito, atrás somente dos deputados estaduais eleitos Orlando Morando (PSDB), Ana do Carmo (PT) e Luiz Fernando Teixeira (PT). A performance foi melhor do que a de Teonílio Monteiro da Costa, o Barba (PT), também consagrado nas urnas para exercer mandato na Assembleia Legislativa a partir de 2015.

“É muito cedo (essa discussão)”, minimizou Marcelo, sem, entretanto, descartar mudança de partido. “De fato houve pessoas que me procuraram para conversar. E a conversa faz parte da política. Vou dialogar com todos, mas não tenho cenário definido. Para mim, neste momento, o mais importante é agradecer à população que confiou o voto a mim. Os 35 mil votos são meus, isso eu tenho clareza.”

Nesta semana, Marcelo procurou o ex-prefeito e deputado federal William Dib (PSDB), que na semana passada anunciou vontade de ser candidato à Prefeitura de São Bernardo em 2016. O popular-socialista não confirmou a negociação, mas não fechou portas para futura aliança. “Um ano e meio é eternidade na política.”

Em 2011, Marcelo por pouco não saiu do PPS, após atrito com dirigentes estaduais da sigla. Ele se aproximou do governo de Luiz Marinho (PT), chegou a abrir negociação para aderir à base situacionista, mas foi convencido a continuar na legenda.

Foi reeleito vereador de São Bernardo pelo PPS, com 6.445 votos, melhor da bancada popular-socialista e segundo melhor da cidade, atrás somente de Tião Mateus (PT). 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;