Fechar
Publicidade

Sábado, 19 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Número de mortes por dengue no Rio em 2002 é o maior da história


Do Diário OnLine

02/03/2002 | 00:48


O número de mortes provocadas pela dengue no Rio de Janeiro se igualou ao número de vítimas registradas em todo ano de 1991, que tem o recorde do Estado. Nesta sexta-feira, a Secretaria de Saúde do Município do Rio confirmou mais um óbito.

Com a morte da moradora do Grajaú, na zona Norte, sobe para 24 o número de vítimas fatais no Estado, sendo 19 delas na capital. Outras duas morreram em Belford Roxo, uma em Duque de Caxias e uma em Mesquita.

Na cidade do Rio já foram registrados 23.687 casos da doença, sendo 336 da forma hemorrágica.

Gastos — Em janeiro, foram gastos R$ 2 milhões com diagnóstico e tratamento de pacientes com dengue no Rio de Janeiro. Do total, R$ 900 mil foram gastos com internações e R$ 1,1 milhão em exames.

Os gastos que o Estado teve em janeiro com internações das pessoas com dengue superam em quase R$ 200 mil o que o Ministério da Saúde teve de desembolsar com as internações causadas pela doença em todo o país, durante o ano de 1998 — R$ 706.801.

Os R$ 2 milhões seriam, ainda, suficientes para cobrir todos os custos da Superintendência de Controle de Endemias durante um mês no Estado de São Paulo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;