Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 26 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Família de pré-candidato a vereador morto o ano
passado protesta no Fórum de Mauá

André Henriques/ DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Acusado de matar Marcos Lemes de Andrade irá a júri popular na manhã desta quinta-feira (25); crime aconteceu em abril de 2020


Da Redação
Do Diário do Grande ABC

25/11/2021 | 10:32


Familiares e amigos do pré-candidato a vereador de Mauá, Marcos Lemes de Andrade, mais conhecido no município como Marquinhos Japonês, morto em 2020, marcam presença do lado de fora do fórum de Mauá e pedem pela condenação de Thiago Polydoro, acusado de matar o comerciante. Thiago irá a júri popular na manhã desta quinta-feira (25). 

Uma das primeiras pessoas a chegarem no local foi a viúva de Marquinhos, Lucélia Lins, que também participará da audiência ao lado de outras cinco pessoas de acusação e seis testemunhas de defesa. Thiago é um único réu do caso e chegou no fórum escoltado por volta das 10h. Até o momento, cerca de 10 pessoas estão do lado de fora do local e muito emocionadas, principalmente, após a chegada de Thiago, os familiares gritavam pedindo justiça. 


Viúva de Marquinhos (lado esq. da foto) participará de audiência hoje/ Foto: André Henriques/ DGABC

O caso aconteceu em abril do ano passado, no Jardim Feital, no estabelecimento do comerciante. Marquinhos estava trabalhando na padaria quando foi atingido por quatro tiros, no cotovelo, nádegas, costas e cabeça – os dois últimos disparos foram fatais e o pré-candidato a vereador morreu antes mesmo da chegada da Polícia Militar e do resgate. Marquinhos deixou a mulher e dois filhos, um rapaz de 24 anos e uma menina de 14. 

Imagens divulgadas na época e gravadas por câmeras de segurança de prédios próximos ao local, mostraram dois homens entrando no estabelecimento, disparando tiros contra as pessoas que estavam na padaria e fugindo em uma motocicleta. Além de Marquinhos, outra pessoa também foi atingida por seis disparos. A família da vítima acredita que a motivação do crime foi por conta de dinheiro. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;