Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 24 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Prefeito de Cordeiro é preso por desvio de verbas


Do Diário do Grande ABC

25/03/1999 | 13:47


O prefeito de Cordeiro, no interior do estado do Rio, Leonardo Caldas Vieiras está preso desde esta quarta-feira, no 11º Batalhao da Polícia Militar, em Nova Friburgo.

Ele é acusado pelo Ministério Público de desviar verbas do município da ordem de R$ 32.908,00 para uma empreiteira, no final de 1997. O dono da empreiteira Carvalho Cordeirense, Luciano Lopes de Carvalho, que está foragido. Ele foi denunciado pelo Ministério Público e recebeu prisao preventiva. As prisoes foram decretadas pelo desembargador Alberto Motta Moraes, a pedido do procurador-geral de Justiça, José Muiños Pinheiro Filho.

Leonardo Vieiras já havia sofrido um "impeachment" pela Câmara Municipal de Cordeiro, ficando afastado por oito dias.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Prefeito de Cordeiro é preso por desvio de verbas

Do Diário do Grande ABC

25/03/1999 | 13:47


O prefeito de Cordeiro, no interior do estado do Rio, Leonardo Caldas Vieiras está preso desde esta quarta-feira, no 11º Batalhao da Polícia Militar, em Nova Friburgo.

Ele é acusado pelo Ministério Público de desviar verbas do município da ordem de R$ 32.908,00 para uma empreiteira, no final de 1997. O dono da empreiteira Carvalho Cordeirense, Luciano Lopes de Carvalho, que está foragido. Ele foi denunciado pelo Ministério Público e recebeu prisao preventiva. As prisoes foram decretadas pelo desembargador Alberto Motta Moraes, a pedido do procurador-geral de Justiça, José Muiños Pinheiro Filho.

Leonardo Vieiras já havia sofrido um "impeachment" pela Câmara Municipal de Cordeiro, ficando afastado por oito dias.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;