Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Reformado, Cantinho da Felicidade reabre sem pacientes idosos


Verônica Fraidenraich
Do Diário do Grande ABC

29/07/2005 | 08:14


A Clínica de Repouso Cantinho da Felicidade, localizada no Jardim Represa, em São Bernardo, reabriu no início deste mês, após dois meses de reforma. Em abril, quando a casa abrigava 14 idosos, foi interditada por apresentar uma série de irregularidades. Para voltar a funcionar, a clínica cumpriu exigências feitas pela Promotoria de Justiça do Idoso. No entanto, mesmo ao ter se adequado à legislação, a clínica não teve a procura que esperava. Hoje, apenas dois idosos vivem no local.

Joyce Mota Barcellos, 62 anos, chegou na clínica quatro meses antes de ser interditada. "Basicamente tudo foi mudado, desde a alimentação até a maneira de nos tratarem", comenta Joyce. Ela avalia que antes considerava o serviço regular, agora é ótimo.

Rodeada de árvores num bairro afastado do Centro, o Cantinho da Felicidade teve que fazer modificações na estrutura física e no número de profissionais e procedimentos adotados no atendimento. Na residência, foram instaladas luzes de vigília nas salas, quartos e banheiros, e campainhas nas cabeceiras dos leitos de idosos com dificuldade de locomoção. O imóvel passou de um para dois banheiros e teve que obedecer a restrições de altura no vaso sanitário e na porta. Também foram instaladas barras nas laterais da sala e banheiros.

A gerente da clínica, Cláudia Xavier, disse a equipe de profissionais foi renovada e hoje conta com médico, auxiliares de enfermagem, enfermeiros, psicólogo, fisioterapeuta e técnicos de auxiliar de enfermagem. A casa está em ordem. Só faltam mesmo os pacientes idosos, que tem custado a chegar.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Reformado, Cantinho da Felicidade reabre sem pacientes idosos

Verônica Fraidenraich
Do Diário do Grande ABC

29/07/2005 | 08:14


A Clínica de Repouso Cantinho da Felicidade, localizada no Jardim Represa, em São Bernardo, reabriu no início deste mês, após dois meses de reforma. Em abril, quando a casa abrigava 14 idosos, foi interditada por apresentar uma série de irregularidades. Para voltar a funcionar, a clínica cumpriu exigências feitas pela Promotoria de Justiça do Idoso. No entanto, mesmo ao ter se adequado à legislação, a clínica não teve a procura que esperava. Hoje, apenas dois idosos vivem no local.

Joyce Mota Barcellos, 62 anos, chegou na clínica quatro meses antes de ser interditada. "Basicamente tudo foi mudado, desde a alimentação até a maneira de nos tratarem", comenta Joyce. Ela avalia que antes considerava o serviço regular, agora é ótimo.

Rodeada de árvores num bairro afastado do Centro, o Cantinho da Felicidade teve que fazer modificações na estrutura física e no número de profissionais e procedimentos adotados no atendimento. Na residência, foram instaladas luzes de vigília nas salas, quartos e banheiros, e campainhas nas cabeceiras dos leitos de idosos com dificuldade de locomoção. O imóvel passou de um para dois banheiros e teve que obedecer a restrições de altura no vaso sanitário e na porta. Também foram instaladas barras nas laterais da sala e banheiros.

A gerente da clínica, Cláudia Xavier, disse a equipe de profissionais foi renovada e hoje conta com médico, auxiliares de enfermagem, enfermeiros, psicólogo, fisioterapeuta e técnicos de auxiliar de enfermagem. A casa está em ordem. Só faltam mesmo os pacientes idosos, que tem custado a chegar.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;