Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 23 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Sinfônica de Santo André abre temporada


Luciane Mediato
Especial Diário do Grande ABC

26/02/2011 | 07:00


Para quem estava com saudades da Orquestra Sinfônica de Santo André, boa notícia. A temporada de concertos de 2011 abre neste fim de semana.
A primeira apresentação terá como tema a música brasileira. "Faremos uma homenagem às canções nacionais e ao compositor Mário Ficarelli, que estará presente", diz o maestro titular, Carlos Eduardo Moreno.
O grande nome da noite será o compositor Carlos Gomes, que foi o primeiro a ter as suas obras apresentadas no Teatro Alla Scala de Milão. "Gomes, se não é o mais importante da música clássica brasileira, está entre os melhores, com certeza. Ele se destacou pelo seu estilo romântico e fez muito sucesso na Europa", afirma o maestro.
A abertura da ópera será com a partitura Fosca, de Carlos Gomes, que foi revisada e restaurada para as apresentações. "Depois de escolhermos que essa seria a música, pesquisamos durante dois meses, pois existiam trechos que já estavam apagados ou que eram duvidosos", explica o regente titular.
Na sequência, será executada A Sagração da Primavera, de Igor Stravinsky, que estava no repertório de 2010. Após o intervalo, a música brasileira volta ao foco das atenções com a Sinfonia nº 2 Mhatuhabh, de Mário Ficarelli.
Além disso, o maestro explica que a partitura de Ficarelli traz uma homenagem ao ser humano. "Cada movimento da Sinfônica aborda a questão do cuidado que se deve ter com o planeta. Ela foi inspirada em um livro de ficção científica sobre extraterrestres que ensinam aos homens que não se deve destruir o planeta", completa.
Na temporada de concertos durante o ano, o público poderá notar a forte presença de Anton Bruckner, que é uma das novidades. "O compositor, decididamente, é música para as pessoas que conhecem o assunto ou para aquelas que possuem o coração e o ouvido livres de preconceitos musicais", explica Moreno.

Concertos da Orquestra Sinfônica de Santo André Hoje e amanhã, às 20h. No Teatro Municipal de Santo André - Praça 4º Centenário, Santo André. Tel.: 4433-0789. Grátis. Os ingressos devem ser retirados na bilheteria com uma hora de antecedência.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sinfônica de Santo André abre temporada

Luciane Mediato
Especial Diário do Grande ABC

26/02/2011 | 07:00


Para quem estava com saudades da Orquestra Sinfônica de Santo André, boa notícia. A temporada de concertos de 2011 abre neste fim de semana.
A primeira apresentação terá como tema a música brasileira. "Faremos uma homenagem às canções nacionais e ao compositor Mário Ficarelli, que estará presente", diz o maestro titular, Carlos Eduardo Moreno.
O grande nome da noite será o compositor Carlos Gomes, que foi o primeiro a ter as suas obras apresentadas no Teatro Alla Scala de Milão. "Gomes, se não é o mais importante da música clássica brasileira, está entre os melhores, com certeza. Ele se destacou pelo seu estilo romântico e fez muito sucesso na Europa", afirma o maestro.
A abertura da ópera será com a partitura Fosca, de Carlos Gomes, que foi revisada e restaurada para as apresentações. "Depois de escolhermos que essa seria a música, pesquisamos durante dois meses, pois existiam trechos que já estavam apagados ou que eram duvidosos", explica o regente titular.
Na sequência, será executada A Sagração da Primavera, de Igor Stravinsky, que estava no repertório de 2010. Após o intervalo, a música brasileira volta ao foco das atenções com a Sinfonia nº 2 Mhatuhabh, de Mário Ficarelli.
Além disso, o maestro explica que a partitura de Ficarelli traz uma homenagem ao ser humano. "Cada movimento da Sinfônica aborda a questão do cuidado que se deve ter com o planeta. Ela foi inspirada em um livro de ficção científica sobre extraterrestres que ensinam aos homens que não se deve destruir o planeta", completa.
Na temporada de concertos durante o ano, o público poderá notar a forte presença de Anton Bruckner, que é uma das novidades. "O compositor, decididamente, é música para as pessoas que conhecem o assunto ou para aquelas que possuem o coração e o ouvido livres de preconceitos musicais", explica Moreno.

Concertos da Orquestra Sinfônica de Santo André Hoje e amanhã, às 20h. No Teatro Municipal de Santo André - Praça 4º Centenário, Santo André. Tel.: 4433-0789. Grátis. Os ingressos devem ser retirados na bilheteria com uma hora de antecedência.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;