Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Hypermarcas confirma negociação com BNDES



21/01/2010 | 07:00


A Hypermarcas, proprietária de marcas como Zero-Cal, Pom Pom, Assolan e Doril, confirmou ao mercado que mantém negociações com o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e outros agentes financeiros em busca de "possibilidades de financiamento para seu plano de negócios".

A nota faz referência à informação de que o BNDES negocia participação acionária na companhia como forma de capitalizá-la para novas aquisições no setor farmacêutico. "A companhia informa ainda que não possui na presente data qualquer compromisso vinculante ou instrumento ou contrato relevante assinado, em relação a eventuais financiamentos e formas de capitalização", diz a nota.

O conselho de administração da Hypermarcas aprovou na terça-feira a emissão de 20 notas promissórias comerciais, no valor total de R$ 200 milhões. As notas, em série única, vencimento de 210 dias e valor unitário de R$ 10 milhões, serão para distribuição pública, com esforços restritos de colocação. Os recursos captados nesta primeira emissão da companhia serão destinados ao reforço do capital de giro.

Só em 2009, a Hypermarcas fez cinco operações de aquisição. Na área farmacêutica, a compra do laboratório Neo Química há um mês, por R$ 1,42 bilhão, deu à empresa o terceiro lugar entre as farmacêuticas nacionais, com a entrada na área de genéricos e similares.

Fortalecer o setor farmacêutico é uma das prioridades da política industrial do País para evitar a sua desnacionalização. Por isso, o BNDES mantém linhas de financiamento por meio do Profarma, cuja carteira já acumula R$ 1,3 bilhão.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Hypermarcas confirma negociação com BNDES


21/01/2010 | 07:00


A Hypermarcas, proprietária de marcas como Zero-Cal, Pom Pom, Assolan e Doril, confirmou ao mercado que mantém negociações com o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e outros agentes financeiros em busca de "possibilidades de financiamento para seu plano de negócios".

A nota faz referência à informação de que o BNDES negocia participação acionária na companhia como forma de capitalizá-la para novas aquisições no setor farmacêutico. "A companhia informa ainda que não possui na presente data qualquer compromisso vinculante ou instrumento ou contrato relevante assinado, em relação a eventuais financiamentos e formas de capitalização", diz a nota.

O conselho de administração da Hypermarcas aprovou na terça-feira a emissão de 20 notas promissórias comerciais, no valor total de R$ 200 milhões. As notas, em série única, vencimento de 210 dias e valor unitário de R$ 10 milhões, serão para distribuição pública, com esforços restritos de colocação. Os recursos captados nesta primeira emissão da companhia serão destinados ao reforço do capital de giro.

Só em 2009, a Hypermarcas fez cinco operações de aquisição. Na área farmacêutica, a compra do laboratório Neo Química há um mês, por R$ 1,42 bilhão, deu à empresa o terceiro lugar entre as farmacêuticas nacionais, com a entrada na área de genéricos e similares.

Fortalecer o setor farmacêutico é uma das prioridades da política industrial do País para evitar a sua desnacionalização. Por isso, o BNDES mantém linhas de financiamento por meio do Profarma, cuja carteira já acumula R$ 1,3 bilhão.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;