Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 13 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Nilza pressiona servidores a votarem em Ana do Carmo

Secretária de Orçamento não segue pedido de Marinho para apoiar candidatos do Paço


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

19/07/2014 | 07:13


Apesar de o prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho (PT), ter dito duas semanas atrás que o governo terá de apoiar candidatos a deputado de todo arco de alianças no município, a primeira-dama e secretária de Orçamento e Planejamento Participativo, Nilza de Oliveira (PT), pressiona servidores comissionados de sua Pasta a votar e fazer campanha para Ana do Carmo, deputada estadual do PT que disputa a reeleição.

Nilza se tornou principal cabo eleitoral de Ana do Carmo no governo do marido, ao lado do secretário de Serviços Urbanos, Tarcísio Secoli (PT). O fato causa desgaste no alto escalão do Paço, que busca conciliar as candidaturas abraçadas pela administração sem que haja ataques entre elas.

Somente no diretório petista há mais duas candidaturas a deputado estadual: do ex-diretor do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC Teonílio Monteiro da Costa, o Barba, e do presidente licenciado do São Bernardo Futebol Clube, Luiz Fernando Teixeira. Para deputado federal, Vicente Paulo da Silva, o Vicentinho, concorre como postulante único do partido no município.

Na base aliada são candidatos os vereadores Rafael Demarchi (PSD-federal), Gilberto França (PMDB-federal), José Alves da Silva, o Índio (PR-estadual), José Walter Tavares (PCdoB-estadual), além do vice-prefeito Frank Aguiar (PMDB-federal) e os ex-secretários Giba Marson (PEN-federal) e Evandro de Lima (PTdoB-estadual).

Embora Marinho evite classificar o pleito deste ano como prévia para eleição municipal de 2016, integrantes da gestão sabem que reeleição tranquila de Ana do Carmo e dificuldades de campanha de Luiz Fernando fortaleceriam uma candidatura de Tarcísio Secoli à sucessão no Executivo.

Nilza não foi localizada para comentar o assunto.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Nilza pressiona servidores a votarem em Ana do Carmo

Secretária de Orçamento não segue pedido de Marinho para apoiar candidatos do Paço

Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

19/07/2014 | 07:13


Apesar de o prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho (PT), ter dito duas semanas atrás que o governo terá de apoiar candidatos a deputado de todo arco de alianças no município, a primeira-dama e secretária de Orçamento e Planejamento Participativo, Nilza de Oliveira (PT), pressiona servidores comissionados de sua Pasta a votar e fazer campanha para Ana do Carmo, deputada estadual do PT que disputa a reeleição.

Nilza se tornou principal cabo eleitoral de Ana do Carmo no governo do marido, ao lado do secretário de Serviços Urbanos, Tarcísio Secoli (PT). O fato causa desgaste no alto escalão do Paço, que busca conciliar as candidaturas abraçadas pela administração sem que haja ataques entre elas.

Somente no diretório petista há mais duas candidaturas a deputado estadual: do ex-diretor do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC Teonílio Monteiro da Costa, o Barba, e do presidente licenciado do São Bernardo Futebol Clube, Luiz Fernando Teixeira. Para deputado federal, Vicente Paulo da Silva, o Vicentinho, concorre como postulante único do partido no município.

Na base aliada são candidatos os vereadores Rafael Demarchi (PSD-federal), Gilberto França (PMDB-federal), José Alves da Silva, o Índio (PR-estadual), José Walter Tavares (PCdoB-estadual), além do vice-prefeito Frank Aguiar (PMDB-federal) e os ex-secretários Giba Marson (PEN-federal) e Evandro de Lima (PTdoB-estadual).

Embora Marinho evite classificar o pleito deste ano como prévia para eleição municipal de 2016, integrantes da gestão sabem que reeleição tranquila de Ana do Carmo e dificuldades de campanha de Luiz Fernando fortaleceriam uma candidatura de Tarcísio Secoli à sucessão no Executivo.

Nilza não foi localizada para comentar o assunto.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;