Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 16 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Pai mata filho de 10 anos por causa de nota em prova no Irã


Da AFP

19/01/2003 | 12:14


Um homem de 34 anos matou seu próprio filho, de 10 anos, porque o menino só marcou 16 pontos em uma prova que valia 20, segundo a edição deste domingo do jornal iraniano Javan.

O menino Mohamed obteve pontuação máxima em todas as matérias menos em uma, em que fez 16 pontos. Quando recebeu o boletim escolar, o pai, enfurecido, bateu a cabeça do filho contra uma parede até matá-lo.

Uma onda de violência tomou conta nos últimos tempos no Irã e a imprensa fala de atos em que predomina uma "loucura assassina".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pai mata filho de 10 anos por causa de nota em prova no Irã

Da AFP

19/01/2003 | 12:14


Um homem de 34 anos matou seu próprio filho, de 10 anos, porque o menino só marcou 16 pontos em uma prova que valia 20, segundo a edição deste domingo do jornal iraniano Javan.

O menino Mohamed obteve pontuação máxima em todas as matérias menos em uma, em que fez 16 pontos. Quando recebeu o boletim escolar, o pai, enfurecido, bateu a cabeça do filho contra uma parede até matá-lo.

Uma onda de violência tomou conta nos últimos tempos no Irã e a imprensa fala de atos em que predomina uma "loucura assassina".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;