Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

TV Manchete: Igreja nao diz o que será feito com funcionários e programaçao


Do Diário do Grande ABC

06/01/1999 | 10:35


Os dirigentes da TV Manchete, da RGC Produçoes e da Igreja Renascer, concederam na noite desta terça-feira uma entrevista coletiva sobre as recentes negociaçoes com o Grupo Bloch.

Na entrevista foi traçado um breve histórico dos problemas enfrentados pela emissora no último ano, como o fraco retorno comercial obtido com a cobertura da Copa do Mundo e o fracasso da novela Brida), além de esclarecido que o acordo foi firmado após a desistência do banco Pactual, de comprar a TV Manchete.

Membros da Igreja Renascer nao disseram o que será feito com os funcionários ou com a grade de programaçao, assim que assumirem a direçao da rede. Declararam apenas que "estao estudando todos os casos".

Perguntado sobre o arrendamento da emissora por cifras em torno de R$ 4,8 milhoes mensais, conforme vem sendo divulgado pela imprensa, o pastor Estevao Hernandez, da igreja Renascer, negou que o acordo tenha essa natureza. "Nossa igreja está pedindo colaboraçao voluntária dos fiéis para fazer frente ao aumento de nossa participaçao na programaçao", respondeu.

Nesta terça-feira, o governo concedeu mais prazo para a quitaçao de dividas dos Bloch com o INSS, admitindo prorrogar por dois meses a obrigatoriedade da apresentaçao do certificado de regularizaçao, item compulsório para a renovaçao da concessao, caducada desde 1996.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

TV Manchete: Igreja nao diz o que será feito com funcionários e programaçao

Do Diário do Grande ABC

06/01/1999 | 10:35


Os dirigentes da TV Manchete, da RGC Produçoes e da Igreja Renascer, concederam na noite desta terça-feira uma entrevista coletiva sobre as recentes negociaçoes com o Grupo Bloch.

Na entrevista foi traçado um breve histórico dos problemas enfrentados pela emissora no último ano, como o fraco retorno comercial obtido com a cobertura da Copa do Mundo e o fracasso da novela Brida), além de esclarecido que o acordo foi firmado após a desistência do banco Pactual, de comprar a TV Manchete.

Membros da Igreja Renascer nao disseram o que será feito com os funcionários ou com a grade de programaçao, assim que assumirem a direçao da rede. Declararam apenas que "estao estudando todos os casos".

Perguntado sobre o arrendamento da emissora por cifras em torno de R$ 4,8 milhoes mensais, conforme vem sendo divulgado pela imprensa, o pastor Estevao Hernandez, da igreja Renascer, negou que o acordo tenha essa natureza. "Nossa igreja está pedindo colaboraçao voluntária dos fiéis para fazer frente ao aumento de nossa participaçao na programaçao", respondeu.

Nesta terça-feira, o governo concedeu mais prazo para a quitaçao de dividas dos Bloch com o INSS, admitindo prorrogar por dois meses a obrigatoriedade da apresentaçao do certificado de regularizaçao, item compulsório para a renovaçao da concessao, caducada desde 1996.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;