Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Exército israelense ataca zona de refugiados e fere quatro


Das Agências

17/05/2001 | 13:44


O exército israelense prosseguiu nesta quinta-feira suas operações de pressão contra os palestinos, bombardeando o acampamento de refugiados de Khan Yunes, na Faixa de Gaza, depois de ter efetuado na véspera ataques aéreos contra dependências da Autoridade Palestina.

Quatro palestinos foram feridos, um deles gravemente, e várias casas danificadas quando os tanques israelenses dispararam obuses contra o acampamento de refugiados de Khan Yunes, depois de um tiroteio entre palestinos armados e soldados israelenses.

O exército também interveio rapidamente em Qarara, no setor autônomo perto de Khan Yunes, para destruir várias pequenas habitações.

Na véspera, 14 civis palestinos foram feridos quando helicópteros israelenses bombardearam um edifício da segurança preventiva no acampamento de refugiados de Khabalia, ao norte da cidade de Gaza.

O chefe de Segurança Pública da Cisjordânia, o general Hajj Ismail, acusou o exército israelense, através da rádio Voz da Palestina, de "provocar uma escalada" e de "querer atacar a moral do povo palestino e suas forças". "Todos estes atos provam que Israel rejeita qualquer esforço suscetível de favorecer o processo de paz".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Exército israelense ataca zona de refugiados e fere quatro

Das Agências

17/05/2001 | 13:44


O exército israelense prosseguiu nesta quinta-feira suas operações de pressão contra os palestinos, bombardeando o acampamento de refugiados de Khan Yunes, na Faixa de Gaza, depois de ter efetuado na véspera ataques aéreos contra dependências da Autoridade Palestina.

Quatro palestinos foram feridos, um deles gravemente, e várias casas danificadas quando os tanques israelenses dispararam obuses contra o acampamento de refugiados de Khan Yunes, depois de um tiroteio entre palestinos armados e soldados israelenses.

O exército também interveio rapidamente em Qarara, no setor autônomo perto de Khan Yunes, para destruir várias pequenas habitações.

Na véspera, 14 civis palestinos foram feridos quando helicópteros israelenses bombardearam um edifício da segurança preventiva no acampamento de refugiados de Khabalia, ao norte da cidade de Gaza.

O chefe de Segurança Pública da Cisjordânia, o general Hajj Ismail, acusou o exército israelense, através da rádio Voz da Palestina, de "provocar uma escalada" e de "querer atacar a moral do povo palestino e suas forças". "Todos estes atos provam que Israel rejeita qualquer esforço suscetível de favorecer o processo de paz".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;