Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Japao acredita que a flutuaçao do real deve estabilizar mercados


Do Diário do Grande ABC

19/01/1999 | 12:05


O ministro japonês de Economia, Kiichi Miyazawa, afirmou esta terça-feira que os mercados financeiros se estabilizarao, depois da decisao brasileira de deixar sua moeda flutuar livremente.

``Os mercados nao se agitarao com a decisao do Brasil'', assegurou Miyazawa aos jornalistas, acrescentando que ``tudo depende das condiçoes políticas no Brasil''.

Miyazawa disse também que o Japao enfrenta uma situaçao econômica ``muito séria'' e se comprometeu a converter o iene em uma moeda internacional da mesma importância do dólar e do euro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Japao acredita que a flutuaçao do real deve estabilizar mercados

Do Diário do Grande ABC

19/01/1999 | 12:05


O ministro japonês de Economia, Kiichi Miyazawa, afirmou esta terça-feira que os mercados financeiros se estabilizarao, depois da decisao brasileira de deixar sua moeda flutuar livremente.

``Os mercados nao se agitarao com a decisao do Brasil'', assegurou Miyazawa aos jornalistas, acrescentando que ``tudo depende das condiçoes políticas no Brasil''.

Miyazawa disse também que o Japao enfrenta uma situaçao econômica ``muito séria'' e se comprometeu a converter o iene em uma moeda internacional da mesma importância do dólar e do euro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;