Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 28 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Jogador Viola é preso em Barueri


Anderson Rodrigues
Do Diário do Grande ABC

01/01/2006 | 16:14


Mais um jogador brasileiro se envolveu em confusão nesse período de férias. Depois de Edmundo ser detido no Rio acusado de dirigir embriagado, ontem de madrugada um outro ex-palmeirense foi parar na delegacia. O atacante tetracampeão Viola, 36 anos, que também atuou pelo Corinthians e Santos, foi preso em Santana do Parnaíba, cidade próxima a São Paulo, por porte ilegal de arma, após ter sido denunciado pela ex-mulher, com quem teve uma dura discussão. O jogador foi levado para uma delegacia em Barueri, cidade também próxima à Capital, onde permanecia preso até a noite deste domingo.

Viola se envolveu em uma briga com sua ex-mulher, que, assustada, chamou a polícia. Ao fazer uma revista no carro do jogador, os policiais encontraram uma arma. Como o jogador não tinha porte, foi preso em flagrante, sem direito a pagamento de fiança.

O ano de 2005 não foi muito bom para o jogador, que iniciou 2006 de forma melancólica. No ano passado, Viola jogou pelo Bahia, time pelo qual perdeu o título estadual para o Vitória. Depois, ainda foi rebaixado para a Série C do Brasileiro. Antes de ser preso, ele tinha propostas do Juventus para disputar o Campeonato Paulista.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Jogador Viola é preso em Barueri

Anderson Rodrigues
Do Diário do Grande ABC

01/01/2006 | 16:14


Mais um jogador brasileiro se envolveu em confusão nesse período de férias. Depois de Edmundo ser detido no Rio acusado de dirigir embriagado, ontem de madrugada um outro ex-palmeirense foi parar na delegacia. O atacante tetracampeão Viola, 36 anos, que também atuou pelo Corinthians e Santos, foi preso em Santana do Parnaíba, cidade próxima a São Paulo, por porte ilegal de arma, após ter sido denunciado pela ex-mulher, com quem teve uma dura discussão. O jogador foi levado para uma delegacia em Barueri, cidade também próxima à Capital, onde permanecia preso até a noite deste domingo.

Viola se envolveu em uma briga com sua ex-mulher, que, assustada, chamou a polícia. Ao fazer uma revista no carro do jogador, os policiais encontraram uma arma. Como o jogador não tinha porte, foi preso em flagrante, sem direito a pagamento de fiança.

O ano de 2005 não foi muito bom para o jogador, que iniciou 2006 de forma melancólica. No ano passado, Viola jogou pelo Bahia, time pelo qual perdeu o título estadual para o Vitória. Depois, ainda foi rebaixado para a Série C do Brasileiro. Antes de ser preso, ele tinha propostas do Juventus para disputar o Campeonato Paulista.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;