Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Lego Zoom procurou Paço de São Caetano para vender programa

Detentora de contratos de R$ 8 milhões firmados sem concorrência, entretanto, não revelou nome de servidores com quem fechou acordo


Gustavo Pinchiaro
Do Diário do Grande ABC

02/08/2014 | 06:27


A Edacom Tecnologia em Sistemas de Informática Ltda afirmou ter procurado agentes públicos para vender o programa educacional Lego Zoom, que resultou na assinatura de dois contratos sem licitação no total de R$ 8 milhões (R$ 4 milhões cada). A empresa, no entanto, se recusou a revelar o nome dos servidores que participaram da negociação e sugeriu que o Diário requisitasse a informação por meio de telefone geral da Secretaria de Comunicação do município.

O contato com a Prefeitura foi feito diretamente por funcionários da Edacom, que pertence à Zoom Brasil, representante da Lego Education no País. “A companhia tem equipe de vendas interna e visita tanto clientes públicos quanto privados, em todo o Brasil, e em especial no município de São Caetano, sede da empresa há 18 anos”, informou.

Contratos da Edacom com prefeituras do Interior e da Região Metropolitana foram considerados irregulares pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado) e, inclusive, renderam multas aos gestores públicos que firmaram o acordo. Em quatro situações, a Corte entendeu que dispensa de licitação não foi válida, pois o produto oferecido pela empresa não é exclusivo como a terceirizada alega. A exclusividade, no caso, é a representação da marca Lego, sediada na Dinamarca, mas a metodologia lúdica é oferecida por outros fornecedores – o que, segundo o TCE, baratearia os custos.

A empresa disse ter seguido exemplo de acordos com outros municípios, respeitando a Lei de Licitações, e garantiu não “temer qualquer apontamento de irregularidade” pelo TCE no convênio com São Caetano. “Se necessário, tudo o que ampara a contratação da empresa por inexigibilidade de licitação será fartamente comprovado pela empresa ou município contratante”, disse. O contrato com São Caetano já passa por auditoria do TCE.

A Edacom informou que há apenas um contrato, assinado dia 5 de maio, no valor de R$ 4 milhões. Porém, se recusou a disponibilizar cópia do acordo para justificar o argumento. Da mesma forma, sugeriu que o dado fosse coletado em telefone geral da Pasta de Comunicação. A Prefeitura de São Caetano fez duas publicações no Diário Oficial chancelando o vínculo com a empresa. Nenhuma das portarias versa sobre anulação ou correção.

OUTDOORS
A Prefeitura de São Caetano espalhou outdoors pela cidade para comemorar o 137º aniversário do município enaltecendo o programa Lego Education no sistema municipal. A empresa, entretanto, segue sem detalhar o serviço nas 41 escolas de São Caetano.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Lego Zoom procurou Paço de São Caetano para vender programa

Detentora de contratos de R$ 8 milhões firmados sem concorrência, entretanto, não revelou nome de servidores com quem fechou acordo

Gustavo Pinchiaro
Do Diário do Grande ABC

02/08/2014 | 06:27


A Edacom Tecnologia em Sistemas de Informática Ltda afirmou ter procurado agentes públicos para vender o programa educacional Lego Zoom, que resultou na assinatura de dois contratos sem licitação no total de R$ 8 milhões (R$ 4 milhões cada). A empresa, no entanto, se recusou a revelar o nome dos servidores que participaram da negociação e sugeriu que o Diário requisitasse a informação por meio de telefone geral da Secretaria de Comunicação do município.

O contato com a Prefeitura foi feito diretamente por funcionários da Edacom, que pertence à Zoom Brasil, representante da Lego Education no País. “A companhia tem equipe de vendas interna e visita tanto clientes públicos quanto privados, em todo o Brasil, e em especial no município de São Caetano, sede da empresa há 18 anos”, informou.

Contratos da Edacom com prefeituras do Interior e da Região Metropolitana foram considerados irregulares pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado) e, inclusive, renderam multas aos gestores públicos que firmaram o acordo. Em quatro situações, a Corte entendeu que dispensa de licitação não foi válida, pois o produto oferecido pela empresa não é exclusivo como a terceirizada alega. A exclusividade, no caso, é a representação da marca Lego, sediada na Dinamarca, mas a metodologia lúdica é oferecida por outros fornecedores – o que, segundo o TCE, baratearia os custos.

A empresa disse ter seguido exemplo de acordos com outros municípios, respeitando a Lei de Licitações, e garantiu não “temer qualquer apontamento de irregularidade” pelo TCE no convênio com São Caetano. “Se necessário, tudo o que ampara a contratação da empresa por inexigibilidade de licitação será fartamente comprovado pela empresa ou município contratante”, disse. O contrato com São Caetano já passa por auditoria do TCE.

A Edacom informou que há apenas um contrato, assinado dia 5 de maio, no valor de R$ 4 milhões. Porém, se recusou a disponibilizar cópia do acordo para justificar o argumento. Da mesma forma, sugeriu que o dado fosse coletado em telefone geral da Pasta de Comunicação. A Prefeitura de São Caetano fez duas publicações no Diário Oficial chancelando o vínculo com a empresa. Nenhuma das portarias versa sobre anulação ou correção.

OUTDOORS
A Prefeitura de São Caetano espalhou outdoors pela cidade para comemorar o 137º aniversário do município enaltecendo o programa Lego Education no sistema municipal. A empresa, entretanto, segue sem detalhar o serviço nas 41 escolas de São Caetano.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;