Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 25 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

José Silva promete reformar funcionalismo em 2013


Luís Felipe Soares
do Diário do Grande ABC

31/07/2012 | 07:00


O candidato ao Paço de Mauá José Silva (Psol) iniciou a semana com visita ao Sindicato dos Servidores Públicos. O professor avalia que as complicações quanto à aprovação de um plano de carreira e a falta de reajuste salarial têm chateado a categoria.

"É um absurdo essa situação. Temos de dar (Prefeitura) reajuste acima da inflação e respeitar a data-base (abril)." O socialista revelou não concordar com a política de bonificação. Caso seja eleito, José Silva garantiu que as reformas viriam já a partir do ano que vem.

Outro tema levantado pela diretoria do Sindserv foi o futuro da Sama (Saneamento Básico do Município de Mauá). O prefeiturável acredita que a autarquia fechará as portas em dois anos caso não haja mudanças organizacionais. "A formulação da Sama foi mal pensada e se transformou em uma bola de neve. Se não for tomada uma providência ela vai acabar. O balde está pendurado e falta só soltar a corda", lamentou o ex-diretor da autarquia entre 1997 e 1999.

José Silva recebeu das mãos do presidente da Sindserv, Jesomar Lobo, algumas reivindicações da categoria, e não lhe entregou qualquer tipo de documento. "Muitos candidatos entregaram e ficaram só fazendo planos e botando a culpa das dificuldades na dívida da cidade. Mostrei para os diretores que é possível arrumar dinheiro se cortarmos 300 cargos comissionados, readequarmos contratos superfaturados e renegociarmos o que devemos."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

José Silva promete reformar funcionalismo em 2013

Luís Felipe Soares
do Diário do Grande ABC

31/07/2012 | 07:00


O candidato ao Paço de Mauá José Silva (Psol) iniciou a semana com visita ao Sindicato dos Servidores Públicos. O professor avalia que as complicações quanto à aprovação de um plano de carreira e a falta de reajuste salarial têm chateado a categoria.

"É um absurdo essa situação. Temos de dar (Prefeitura) reajuste acima da inflação e respeitar a data-base (abril)." O socialista revelou não concordar com a política de bonificação. Caso seja eleito, José Silva garantiu que as reformas viriam já a partir do ano que vem.

Outro tema levantado pela diretoria do Sindserv foi o futuro da Sama (Saneamento Básico do Município de Mauá). O prefeiturável acredita que a autarquia fechará as portas em dois anos caso não haja mudanças organizacionais. "A formulação da Sama foi mal pensada e se transformou em uma bola de neve. Se não for tomada uma providência ela vai acabar. O balde está pendurado e falta só soltar a corda", lamentou o ex-diretor da autarquia entre 1997 e 1999.

José Silva recebeu das mãos do presidente da Sindserv, Jesomar Lobo, algumas reivindicações da categoria, e não lhe entregou qualquer tipo de documento. "Muitos candidatos entregaram e ficaram só fazendo planos e botando a culpa das dificuldades na dívida da cidade. Mostrei para os diretores que é possível arrumar dinheiro se cortarmos 300 cargos comissionados, readequarmos contratos superfaturados e renegociarmos o que devemos."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;