Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 26 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Reali ignora fotos com Lula
e Edgar vai sem convite

Assessoria de Reali diz que prefeito de Diadema participou
de vistoria de obras, além das ações competentes ao Paço


Raphael Rocha
do Diário do Grande ABC

31/07/2012 | 07:00


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) promoveu ontem sessão de fotos com candidatos a prefeito pelo PT e de siglas aliadas em cidades com mais de 150 mil eleitores. A oportunidade de tirar uma fotografia com o principal cabo eleitoral petista no País, no entanto, não comoveu o prefeito de Diadema, Mário Reali (PT), único postulante majoritário do Grande ABC a não ir ao encontro promovido por Lula.

O postulante do PT à Prefeitura de São Caetano, Edgar Nóbrega, por sua vez, compareceu à atividade mesmo sem ter recebido convite da direção petista. São Caetano está fora da rota das cidades estratégicas à legenda e tem ínfima tradição de eleger políticos do partido para cargos eletivos.

A assessoria de Reali alegou que o prefeito de Diadema participou de vistoria de obras na cidade, além de outras ações competentes ao Paço. O petista optou por não se licenciar do cargo e conciliar a agenda no Executivo com a de candidato à reeleição.

 

Os demais petistas não perderam a oportunidade de capitalizar politicamente com o ato. O prefeito de São Bernardo e principal afilhado de Lula no Brasil, Luiz Marinho (PT), e os deputados estaduais Carlos Grana (PT) e Donisete Braga (PT), candidatos à Prefeitura de Santo André e Mauá, respectivamente, marcaram presença no Hotel Mercure, em São Paulo, que reuniu cerca de 120 prefeituráveis pelo PT ou partidos aliados de todo País. Posaram para fotos ao lado do ex-chefe da Nação e tiveram contatos breves com o ex-presidente.

Único prefeito petista da região a participar do encontro, Marinho compareceu ao hotel durante horário de expediente, pela manhã. O petista justificou a escapada no trabalho para "tirar apenas uma ‘fotinho' com o presidente Lula".

Posicionado próximo de Lula nas fotos oficiais, Grana elogiou o ato. "Tivemos uma conversa rápida e ele (Lula) me garantiu que posso contar com a presença dele em uma atividade de agosto", discorreu o afilhado do ex-presidente na corrida eleitoral de Santo André.

Outro prefeiturável do PT que aguarda a presença de Lula para agosto, Donisete afirmou que o material de campanha com a imagem do ex-presidente deve ser distribuído em duas semanas. "Carrega um simbolismo muito forte porque o Lula, além de possuir vínculo umbilical com a região, nunca perdeu uma eleição em Mauá."

Intruso - Edgar garantiu ter recebido o convite do diretório do PT, embora a sessão de fotos tenha sido marcada exclusivamente para candidatos de cidades com mais de 150 mil eleitores. Comentou que conversou rapidamente com Lula e que preferiu agradecer ao apoio da direção petista à empreitada em São Caetano. "Para mim foi muito importante. Além de tirar foto, pude participar um pouco desse momento do PT."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Reali ignora fotos com Lula
e Edgar vai sem convite

Assessoria de Reali diz que prefeito de Diadema participou
de vistoria de obras, além das ações competentes ao Paço

Raphael Rocha
do Diário do Grande ABC

31/07/2012 | 07:00


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) promoveu ontem sessão de fotos com candidatos a prefeito pelo PT e de siglas aliadas em cidades com mais de 150 mil eleitores. A oportunidade de tirar uma fotografia com o principal cabo eleitoral petista no País, no entanto, não comoveu o prefeito de Diadema, Mário Reali (PT), único postulante majoritário do Grande ABC a não ir ao encontro promovido por Lula.

O postulante do PT à Prefeitura de São Caetano, Edgar Nóbrega, por sua vez, compareceu à atividade mesmo sem ter recebido convite da direção petista. São Caetano está fora da rota das cidades estratégicas à legenda e tem ínfima tradição de eleger políticos do partido para cargos eletivos.

A assessoria de Reali alegou que o prefeito de Diadema participou de vistoria de obras na cidade, além de outras ações competentes ao Paço. O petista optou por não se licenciar do cargo e conciliar a agenda no Executivo com a de candidato à reeleição.

 

Os demais petistas não perderam a oportunidade de capitalizar politicamente com o ato. O prefeito de São Bernardo e principal afilhado de Lula no Brasil, Luiz Marinho (PT), e os deputados estaduais Carlos Grana (PT) e Donisete Braga (PT), candidatos à Prefeitura de Santo André e Mauá, respectivamente, marcaram presença no Hotel Mercure, em São Paulo, que reuniu cerca de 120 prefeituráveis pelo PT ou partidos aliados de todo País. Posaram para fotos ao lado do ex-chefe da Nação e tiveram contatos breves com o ex-presidente.

Único prefeito petista da região a participar do encontro, Marinho compareceu ao hotel durante horário de expediente, pela manhã. O petista justificou a escapada no trabalho para "tirar apenas uma ‘fotinho' com o presidente Lula".

Posicionado próximo de Lula nas fotos oficiais, Grana elogiou o ato. "Tivemos uma conversa rápida e ele (Lula) me garantiu que posso contar com a presença dele em uma atividade de agosto", discorreu o afilhado do ex-presidente na corrida eleitoral de Santo André.

Outro prefeiturável do PT que aguarda a presença de Lula para agosto, Donisete afirmou que o material de campanha com a imagem do ex-presidente deve ser distribuído em duas semanas. "Carrega um simbolismo muito forte porque o Lula, além de possuir vínculo umbilical com a região, nunca perdeu uma eleição em Mauá."

Intruso - Edgar garantiu ter recebido o convite do diretório do PT, embora a sessão de fotos tenha sido marcada exclusivamente para candidatos de cidades com mais de 150 mil eleitores. Comentou que conversou rapidamente com Lula e que preferiu agradecer ao apoio da direção petista à empreitada em São Caetano. "Para mim foi muito importante. Além de tirar foto, pude participar um pouco desse momento do PT."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;