Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Diretório do Novo decide não indicar outro vice para Sabará, que perde aliados



25/10/2020 | 16:55


Em mais um revés para a candidatura de Filipe Sabará à Prefeitura de São Paulo, o diretório municipal do Partido Novo na capital decidiu neste domingo, 25, não indicar um nome para substituir a economista Marina Helena como vice na chapa.

Em um vídeo divulgado ontem nas redes sociais, Marina renunciou ao posto, após a decisão da executiva nacional do Novo de expulsar Sabará do partido.

O candidato entrou em rota de colisão com a cúpula do Novo após fazer elogios ao ex-prefeito Paulo Maluf, criticar o fundador da legenda, João Amoedo, e se alinhar com o discurso do presidente Jair Bolsonaro. Um pedido de suspensão de sua candidatura, protocolado por um membro do Novo, também apontava inconsistências em seu currículo acadêmico.

Sabará acusou a executiva do partido de reter recursos doados para sua campanha. Com o imbróglio, o candidato perdeu aliados no Novo e viu auxiliares deixarem a campanha.

O presidente do Novo na capital, Júlio Rodrigues, era aliado do candidato, mas preferiu acatar a decisão do diretório nacional. O Novo enviou ao Tribuna Regional Eleitoral (TRE) um ofício pedindo o cancelamento do registro de Sabará, mas o Tribunal ainda não se manifestou.

Para o advogado constitucionalista André Jorge, ex-juiz titular do TRE-SP, a candidatura de Sabará não seguirá adiante. "Nosso sistema eleitoral é partidário. Se o partido retira a candidatura ele não pode disputar a eleição", analisou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diretório do Novo decide não indicar outro vice para Sabará, que perde aliados


25/10/2020 | 16:55


Em mais um revés para a candidatura de Filipe Sabará à Prefeitura de São Paulo, o diretório municipal do Partido Novo na capital decidiu neste domingo, 25, não indicar um nome para substituir a economista Marina Helena como vice na chapa.

Em um vídeo divulgado ontem nas redes sociais, Marina renunciou ao posto, após a decisão da executiva nacional do Novo de expulsar Sabará do partido.

O candidato entrou em rota de colisão com a cúpula do Novo após fazer elogios ao ex-prefeito Paulo Maluf, criticar o fundador da legenda, João Amoedo, e se alinhar com o discurso do presidente Jair Bolsonaro. Um pedido de suspensão de sua candidatura, protocolado por um membro do Novo, também apontava inconsistências em seu currículo acadêmico.

Sabará acusou a executiva do partido de reter recursos doados para sua campanha. Com o imbróglio, o candidato perdeu aliados no Novo e viu auxiliares deixarem a campanha.

O presidente do Novo na capital, Júlio Rodrigues, era aliado do candidato, mas preferiu acatar a decisão do diretório nacional. O Novo enviou ao Tribuna Regional Eleitoral (TRE) um ofício pedindo o cancelamento do registro de Sabará, mas o Tribunal ainda não se manifestou.

Para o advogado constitucionalista André Jorge, ex-juiz titular do TRE-SP, a candidatura de Sabará não seguirá adiante. "Nosso sistema eleitoral é partidário. Se o partido retira a candidatura ele não pode disputar a eleição", analisou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;