Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 14 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

GCM é morto na volta do trabalho para casa em Mauá


Miriam Gimenes
do Diário do Grande ABC

03/06/2018 | 07:06


O GCM (Guarda Civil Municipal) de Santo André Mauricio Avelino dos Santos, 45 anos, foi vítima de latrocínio no início da manhã de ontem, enquanto voltava do trabalho para casa, na Avenida João Ramalho, altura do número 300, em frente à Prefeitura de Mauá, cidade onde vivia.

Ele havia deixado há pouco o plantão na US (Unidade de Saúde) da Vila Luzita, em Santo André, e seguia de moto para casa, quando foi abordado por dois homens que também estavam de moto e o renderam.

Segundo informações do boletim de ocorrência, registrado no 1º DP do município (Centro), a Polícia Militar foi acionada, mas quando chegou ao local já encontrou a vítima sem vida. Os homens, que dispararam contra o agente de Segurança – no tórax e na cabeça – levaram a sua moto, uma CG 160, e um revólver calibre 38. Santos estava com meia farda quando foi assassinado.

Os policiais que investigam o caso buscam por imagens de câmaras de segurança que tenham flagrado a ação dos criminosos. A moto roubada foi encontrada ainda ontem pela Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos da Polícia Civil), em Santo André. O GCM deixa esposa e dois filhos. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

GCM é morto na volta do trabalho para casa em Mauá

Miriam Gimenes
do Diário do Grande ABC

03/06/2018 | 07:06


O GCM (Guarda Civil Municipal) de Santo André Mauricio Avelino dos Santos, 45 anos, foi vítima de latrocínio no início da manhã de ontem, enquanto voltava do trabalho para casa, na Avenida João Ramalho, altura do número 300, em frente à Prefeitura de Mauá, cidade onde vivia.

Ele havia deixado há pouco o plantão na US (Unidade de Saúde) da Vila Luzita, em Santo André, e seguia de moto para casa, quando foi abordado por dois homens que também estavam de moto e o renderam.

Segundo informações do boletim de ocorrência, registrado no 1º DP do município (Centro), a Polícia Militar foi acionada, mas quando chegou ao local já encontrou a vítima sem vida. Os homens, que dispararam contra o agente de Segurança – no tórax e na cabeça – levaram a sua moto, uma CG 160, e um revólver calibre 38. Santos estava com meia farda quando foi assassinado.

Os policiais que investigam o caso buscam por imagens de câmaras de segurança que tenham flagrado a ação dos criminosos. A moto roubada foi encontrada ainda ontem pela Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos da Polícia Civil), em Santo André. O GCM deixa esposa e dois filhos. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;