Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 28 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Metrô publica edital para contratar sondagem de solo para Linha 20-Rosa


Fabio Martins

13/08/2020 | 00:29


O Metrô abriu edital que visa contratar empresa especializada de engenharia para serviço de sondagens de solo e mapeamento de áreas, incluindo cadastramento de redes subterrâneas de utilidade pública, no traçado da Linha 20-Rosa, que deve interligar o Centro de Santo André (Estação Celso Daniel) à região da Lapa (Santa Marina), na Capital. O objeto do vínculo, publicado quarta-feira no Diário Oficial, é complementar à primeira licitação lançada envolvendo o projeto funcional. A ideia é subsidiar o desenvolvimento do plano com informações técnicas do trajeto.

A sessão pública de apresentação das propostas comerciais está marcada para ocorrer no dia 29 de setembro. O critério de julgamento do certame, assim como o anterior, de junho, é menor preço. A partir da homologação, o acordo terá vigência de um ano e prazo de entrega do trabalho apurado no prazo de oito meses. Essa fase adicional serve para acrescentar ao anteprojeto, em estágio final de tramitação. Com os dados do projeto funcional e sondagens de solo, será possível identificar os riscos do percurso do traçado e também a viabilidade do trajeto, ainda preliminar.

Esse passo antecede os projetos básico e executivo, o que mostra que a proposta de Metrô para o Grande ABC está longe de se tornar realidade, embora tenha substituído a já contratada Linha 18-Bronze, via monotrilho, agora formalmente extinta pelo governo de São Paulo, chefiado por João Doria (PSDB). O tucano anunciou que iria desengavetar o projeto em julho de 2019, quando divulgou também a troca do modal por linha de BRT (transporte rápido por ônibus, na sigla em inglês).

Na primeira licitação da Linha 20, o consórcio GPO-Geocompany-Geotec ofereceu a melhor proposta, no valor de R$ 5,31 milhões, e tende a ser acertado como vencedor do processo. Cumprindo os prazos, o grupo apresentou documentação no fim de julho para habilitação, mas o Metrô não oficializou se o bloco de empresas atendeu todos os requisitos exigidos no edital. O texto permite período de 32 meses para posterior conclusão das atividades.

A Linha 20 inclui cerca de 31 quilômetros de extensão e 24 estações, que fariam conexão com outras dez linhas de Metrô e da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), entre elas, a 10-Turquesa e o próprio BRT ABC. Na região, seriam seis paradas – três em Santo André e outras três em São Bernardo. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;