Fechar
Publicidade

Sábado, 31 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Polícia quer ouvir publicitário que abrigou Pimenta Neves


Do Diário OnLine

28/08/2000 | 11:19


O delegado Nathan Rosemblat, do Departamento de Homicídio e Proteçao à Pessoa, informou, nesta segunda-feira, que a conclusao do inquérito que apura a morte da jornalista Sandra Gomide, 32 anos, depende do envio de laudos do Instituto de Criminalística que devem ser concluídos esta semana e do depoimento do publicitário Enio Mainardi, que abrigou o diretor de Redaçao do jornal O Estado de S. Paulo, Antônio Marcos Pimenta Neves, 63 anos, antes de ele ter sido internado, na última terça-feira, no Hospital Albert Einstein. A previsao é de que o inquérito policial seja concluído em 30 dias.

Pimenta Neves, assassino confesso da ex-namorada Sandra, ingeriu dose excessiva de tranqüilizantes e foi hospitalizado. Na última sexta, ele recebeu alta, mas, em seguida, foi encaminhado para a clínica clínica psiquiátrica Parque Julieta, na Granja Julieta, zona Sul da de Sao Paulo.

De acordo com Rosemblat, a polícia aguarda os laudos dos e-mails com ameaças enviados por Pimenta para o computador de Sandra, de telefonemas e do local do crime. Ainda segundo o delegado, o publicitário e amigo de Pimenta deve ser convocado para depor ainda nesta semana. Rosemblat também informou que a reconstituiçao do crime poderá ser realizada.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Polícia quer ouvir publicitário que abrigou Pimenta Neves

Do Diário OnLine

28/08/2000 | 11:19


O delegado Nathan Rosemblat, do Departamento de Homicídio e Proteçao à Pessoa, informou, nesta segunda-feira, que a conclusao do inquérito que apura a morte da jornalista Sandra Gomide, 32 anos, depende do envio de laudos do Instituto de Criminalística que devem ser concluídos esta semana e do depoimento do publicitário Enio Mainardi, que abrigou o diretor de Redaçao do jornal O Estado de S. Paulo, Antônio Marcos Pimenta Neves, 63 anos, antes de ele ter sido internado, na última terça-feira, no Hospital Albert Einstein. A previsao é de que o inquérito policial seja concluído em 30 dias.

Pimenta Neves, assassino confesso da ex-namorada Sandra, ingeriu dose excessiva de tranqüilizantes e foi hospitalizado. Na última sexta, ele recebeu alta, mas, em seguida, foi encaminhado para a clínica clínica psiquiátrica Parque Julieta, na Granja Julieta, zona Sul da de Sao Paulo.

De acordo com Rosemblat, a polícia aguarda os laudos dos e-mails com ameaças enviados por Pimenta para o computador de Sandra, de telefonemas e do local do crime. Ainda segundo o delegado, o publicitário e amigo de Pimenta deve ser convocado para depor ainda nesta semana. Rosemblat também informou que a reconstituiçao do crime poderá ser realizada.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;