Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Norte-coreanos não aparecem em Kaesong



09/04/2013 | 01:19


Os trabalhadores da Coreia do Norte não foram trabalhar no complexo industrial de Kaesong na manhã desta terça-feira (horário local), disseram as empresas sul-coreanas que têm operações na instalação.

Na segunda-feira, a Coreia do Norte disse que pretende retirar todos os seus trabalhadores do parque industrial - operado em conjunto com a Coreia do Sul - e afirmou que está considerando fechar o complexo permanentemente.

Duas empresas da Coreia do Sul disseram na manhã de terça-feira que sua equipe da Coreia do Norte não havia aparecido no trabalho como de costume.

O ministério de Unificação da Coreia do Sul confirmou que os trabalhadores norte-coreanos não chegaram no complexo.

"Eles costumam chegar por volta de 8h00 (horário local), mas não os vimos aqui. Nós não esperamos vê-los", disse Park Soo-jin, um porta-voz do ministério, que trata das relações com a Coreia do Norte.

Cerca de 53 mil norte-coreanos trabalham no complexo, mas não apareceram para o trabalho na terça-feira. Até o fim de segunda-feira, 475 sul-coreanos e quatro cidadãos chineses permaneciam no local. As informações são da Dow Jones.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Norte-coreanos não aparecem em Kaesong


09/04/2013 | 01:19


Os trabalhadores da Coreia do Norte não foram trabalhar no complexo industrial de Kaesong na manhã desta terça-feira (horário local), disseram as empresas sul-coreanas que têm operações na instalação.

Na segunda-feira, a Coreia do Norte disse que pretende retirar todos os seus trabalhadores do parque industrial - operado em conjunto com a Coreia do Sul - e afirmou que está considerando fechar o complexo permanentemente.

Duas empresas da Coreia do Sul disseram na manhã de terça-feira que sua equipe da Coreia do Norte não havia aparecido no trabalho como de costume.

O ministério de Unificação da Coreia do Sul confirmou que os trabalhadores norte-coreanos não chegaram no complexo.

"Eles costumam chegar por volta de 8h00 (horário local), mas não os vimos aqui. Nós não esperamos vê-los", disse Park Soo-jin, um porta-voz do ministério, que trata das relações com a Coreia do Norte.

Cerca de 53 mil norte-coreanos trabalham no complexo, mas não apareceram para o trabalho na terça-feira. Até o fim de segunda-feira, 475 sul-coreanos e quatro cidadãos chineses permaneciam no local. As informações são da Dow Jones.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;