Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Em Diadema, marasmo da Câmara incomoda


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

04/06/2020 | 00:01


Não faz muito tempo, este Diário mostrou que a Câmara de Mauá aderiu tanto à quarentena para conter a disseminação do novo coronavírus que sequer realiza sessões há quase dois meses. Em Diadema, algumas plenárias foram realizadas desde o decreto estabelecendo fechamento de serviços não essenciais. Poucas, aliás. Situação que tem gerado incômodo – e comentários nada elogiosos – na classe política local. Diadema tem sido apontada pelo governo do Estado como uma das cidades que prejudicam os índices do Grande ABC para retomada. Embora o governo Lauro Michels (PV) conteste, a gestão estadual cita falta de leitos, parco volume de isolamento físico, baixo estoque de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual). E a Câmara de Diadema, fechada, não cobra. Algumas lideranças, inclusive de oposição, questionam a falta de trabalhos no Legislativo e cobram até mesmo de vereadores oposicionistas uma postura mais altiva para que a administração municipal – e até mesmo o Palácio dos Bandeirantes – possa apresentar melhoras na qualidade de serviço prestado.

Troca
Diante do quadro de saúde do ex-prefeito Aidan Ravin (Republicanos), internado no Hospital e Maternidade Christóvão da Gama diagnosticado com Covid-19, aliados do pré-candidato à Prefeitura de Santo André pelo PSB, Ailton Lima, iniciaram movimento junto ao socialista para um plano B na chapa, uma vez que Aidan é o pré-indicado a vice de Ailton. O nome aventado é o de Denise Ravin (PSB), mulher de Aidan, que, por ora, está focada em obter cadeira na Câmara. Denise tem uma vitória considerada certa dentro do PSB, o que deixa pré-candidatos do partido ao Legislativo ressabiados quanto à possibilidade de êxito. Sem ela, as chances melhoram.

Covid
O vereador Julinho Fuzari (DEM), de São Bernardo, recebeu diagnóstico positivo para a Covid-19. Ele está internado no Hospital Neomater, na enfermaria. À coluna, ele disse estar bem, reagindo às medicações. Ele acredita que nos próximos dias estará de alta. “Graças a Deus meu quadro clínico é bom e logo mais estarei de volta”, comentou o parlamentar.

Live da aliança
O pré-candidato do PT à Prefeitura de Mauá, vereador Marcelo Oliveira, realiza hoje, a partir das 19h, uma live com Paulo Eugenio Pereira Júnior (PT), ex-vereador, ex-vice-prefeito e ex-secretário de Desenvolvimento Econômico, de Saúde e de Mobilidade Urbana de Mauá, sobre o cenário da economia da cidade no pós-pandemia. O encontro afasta boatos de que Paulo Eugenio e Marcelo estariam distantes na corrida eleitoral deste ano.

Previdência
O prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (Cidadania), conversou com a bancada de sustentação sobre a possibilidade de ter de aumentar o desconto, de 11% para 14%, da alíquota patronal nos vencimentos dos servidores. A proposta deve seguir para a Câmara nos próximos dias, até para cumprir determinação do governo federal dentro do pacote da reforma da Previdência. A oposição já se mobiliza para tentar barrar a medida.

Tucanos críticos – 1
Os vereadores do PSDB no Grande ABC começaram a se mobilizar em críticas públicas ao governador João Doria (PSDB) e à condução do tucano diante da crise da pandemia do novo coronavírus. O parlamentar Professor Minhoca (PSDB), de Santo André, gravou vídeo criticando o correligionário sobre o fato de a cidade não ter recebido respiradores para os leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) no município.

Tucanos críticos – 2
O vereador Pery Cartola (PSDB), de São Bernardo, também utilizou as redes sociais para questionar a postura do governo do Estado no tratamento da pandemia de Covid-19. Ele protocolou ofício no Consórcio Intermunicipal do Grande ABC – o vídeo, aliás, foi gravado em frente à entidade – pedindo que o Palácio dos Bandeirantes leve em consideração os números da região para que haja reabertura gradual da atividade econômica nas sete cidades. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Em Diadema, marasmo da Câmara incomoda

Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

04/06/2020 | 00:01


Não faz muito tempo, este Diário mostrou que a Câmara de Mauá aderiu tanto à quarentena para conter a disseminação do novo coronavírus que sequer realiza sessões há quase dois meses. Em Diadema, algumas plenárias foram realizadas desde o decreto estabelecendo fechamento de serviços não essenciais. Poucas, aliás. Situação que tem gerado incômodo – e comentários nada elogiosos – na classe política local. Diadema tem sido apontada pelo governo do Estado como uma das cidades que prejudicam os índices do Grande ABC para retomada. Embora o governo Lauro Michels (PV) conteste, a gestão estadual cita falta de leitos, parco volume de isolamento físico, baixo estoque de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual). E a Câmara de Diadema, fechada, não cobra. Algumas lideranças, inclusive de oposição, questionam a falta de trabalhos no Legislativo e cobram até mesmo de vereadores oposicionistas uma postura mais altiva para que a administração municipal – e até mesmo o Palácio dos Bandeirantes – possa apresentar melhoras na qualidade de serviço prestado.

Troca
Diante do quadro de saúde do ex-prefeito Aidan Ravin (Republicanos), internado no Hospital e Maternidade Christóvão da Gama diagnosticado com Covid-19, aliados do pré-candidato à Prefeitura de Santo André pelo PSB, Ailton Lima, iniciaram movimento junto ao socialista para um plano B na chapa, uma vez que Aidan é o pré-indicado a vice de Ailton. O nome aventado é o de Denise Ravin (PSB), mulher de Aidan, que, por ora, está focada em obter cadeira na Câmara. Denise tem uma vitória considerada certa dentro do PSB, o que deixa pré-candidatos do partido ao Legislativo ressabiados quanto à possibilidade de êxito. Sem ela, as chances melhoram.

Covid
O vereador Julinho Fuzari (DEM), de São Bernardo, recebeu diagnóstico positivo para a Covid-19. Ele está internado no Hospital Neomater, na enfermaria. À coluna, ele disse estar bem, reagindo às medicações. Ele acredita que nos próximos dias estará de alta. “Graças a Deus meu quadro clínico é bom e logo mais estarei de volta”, comentou o parlamentar.

Live da aliança
O pré-candidato do PT à Prefeitura de Mauá, vereador Marcelo Oliveira, realiza hoje, a partir das 19h, uma live com Paulo Eugenio Pereira Júnior (PT), ex-vereador, ex-vice-prefeito e ex-secretário de Desenvolvimento Econômico, de Saúde e de Mobilidade Urbana de Mauá, sobre o cenário da economia da cidade no pós-pandemia. O encontro afasta boatos de que Paulo Eugenio e Marcelo estariam distantes na corrida eleitoral deste ano.

Previdência
O prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (Cidadania), conversou com a bancada de sustentação sobre a possibilidade de ter de aumentar o desconto, de 11% para 14%, da alíquota patronal nos vencimentos dos servidores. A proposta deve seguir para a Câmara nos próximos dias, até para cumprir determinação do governo federal dentro do pacote da reforma da Previdência. A oposição já se mobiliza para tentar barrar a medida.

Tucanos críticos – 1
Os vereadores do PSDB no Grande ABC começaram a se mobilizar em críticas públicas ao governador João Doria (PSDB) e à condução do tucano diante da crise da pandemia do novo coronavírus. O parlamentar Professor Minhoca (PSDB), de Santo André, gravou vídeo criticando o correligionário sobre o fato de a cidade não ter recebido respiradores para os leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) no município.

Tucanos críticos – 2
O vereador Pery Cartola (PSDB), de São Bernardo, também utilizou as redes sociais para questionar a postura do governo do Estado no tratamento da pandemia de Covid-19. Ele protocolou ofício no Consórcio Intermunicipal do Grande ABC – o vídeo, aliás, foi gravado em frente à entidade – pedindo que o Palácio dos Bandeirantes leve em consideração os números da região para que haja reabertura gradual da atividade econômica nas sete cidades. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;