Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Sobe para oito o número de mortos em explosao no Recife


Do Diário do Grande ABC

04/06/2000 | 15:14


Mais duas crianças - Weidson e Williana Monteiro dos Santos, de 10 e 12 anos, respectivamente - morreram neste domingo na UTI do Hospital da Restauraçao (HR), no Recife, vítimas da explosao de uma fábrica clandestina de fogos, que funcionava na sua residência, em Afogados da Ingazeira, no sertao. O total de mortes, todas da mesma família, provocada pela explosao, subiu para oito. Morreram o pai, José Angelo Monteiro dos Santos, a mae Joana d'Arc e seis filhos. Outros dois filhos, Willidaiane, 9 anos, e William, 15 anos, continuam internados, com chances de sobrevivência. A menina está no HR e o adolescente em Afogados.

O médico de plantao da UTI do HR, Carlos Eduardo Padilha disse que a causa da morte de Williana nao pôde ser identificada porque o hospital nao dispunha de dosagens básicas de creatinina e uréia para se avaliar o funcionamento dos rins da menina e indicar um tratamento. "Ela morreu de forma indigna", afirmou ele, revoltado com a falta de condiçoes de trabalho do HR. Ele acredita que ela morreu de insuficiência renal e reconhece que com mais de 70% do corpo atingido por queimaduras de segundo e terceiro graus era difícil que ela escapasse. "Mas isso poderia ter ocorrido, o fato é que nao pudemos fazer o que era necessário." Segundo ele, outros três pacientes da UTI do HR também precisam das dosagens indisponíveis no hospital.

Em Bonança, distrito do município metropolitano de Moreno, um carro explodiu hoje pela manha ferindo de forma leve cinco pessoas e atingindo os telhados de algumas casas próximas. O carro, um Passat, foi estacionado na Rua Aluísio Carneiro de Moura, perto de um armazém de construçao. No seu interior havia bombas de Sao Joao e um tambor de 20 litros com aguardente. Nao se sabe o que provocou a explosao, talvez o sol e forte calor. O motorista, do vizinho município de Vitória de Santo Antao, negocia com alimentos, fogos e bebidas e nao teve sua identidade revelada. Nao havia ninguém dentro do veículo no momento da explosao. Os feridos foram atendidos no Hospital Joao Murilo de Oliveira, em Vitória de Santo Antao. Três foram liberados imediatamente e dois homens, com cortes na orelha e no braço, receberam alta à tarde.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sobe para oito o número de mortos em explosao no Recife

Do Diário do Grande ABC

04/06/2000 | 15:14


Mais duas crianças - Weidson e Williana Monteiro dos Santos, de 10 e 12 anos, respectivamente - morreram neste domingo na UTI do Hospital da Restauraçao (HR), no Recife, vítimas da explosao de uma fábrica clandestina de fogos, que funcionava na sua residência, em Afogados da Ingazeira, no sertao. O total de mortes, todas da mesma família, provocada pela explosao, subiu para oito. Morreram o pai, José Angelo Monteiro dos Santos, a mae Joana d'Arc e seis filhos. Outros dois filhos, Willidaiane, 9 anos, e William, 15 anos, continuam internados, com chances de sobrevivência. A menina está no HR e o adolescente em Afogados.

O médico de plantao da UTI do HR, Carlos Eduardo Padilha disse que a causa da morte de Williana nao pôde ser identificada porque o hospital nao dispunha de dosagens básicas de creatinina e uréia para se avaliar o funcionamento dos rins da menina e indicar um tratamento. "Ela morreu de forma indigna", afirmou ele, revoltado com a falta de condiçoes de trabalho do HR. Ele acredita que ela morreu de insuficiência renal e reconhece que com mais de 70% do corpo atingido por queimaduras de segundo e terceiro graus era difícil que ela escapasse. "Mas isso poderia ter ocorrido, o fato é que nao pudemos fazer o que era necessário." Segundo ele, outros três pacientes da UTI do HR também precisam das dosagens indisponíveis no hospital.

Em Bonança, distrito do município metropolitano de Moreno, um carro explodiu hoje pela manha ferindo de forma leve cinco pessoas e atingindo os telhados de algumas casas próximas. O carro, um Passat, foi estacionado na Rua Aluísio Carneiro de Moura, perto de um armazém de construçao. No seu interior havia bombas de Sao Joao e um tambor de 20 litros com aguardente. Nao se sabe o que provocou a explosao, talvez o sol e forte calor. O motorista, do vizinho município de Vitória de Santo Antao, negocia com alimentos, fogos e bebidas e nao teve sua identidade revelada. Nao havia ninguém dentro do veículo no momento da explosao. Os feridos foram atendidos no Hospital Joao Murilo de Oliveira, em Vitória de Santo Antao. Três foram liberados imediatamente e dois homens, com cortes na orelha e no braço, receberam alta à tarde.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;