Fechar
Publicidade

Domingo, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Químicos da região definem até dia 16 pedido de reajuste


Eric Fujita
Do Diário do Grande ABC
Com AE

31/08/2005 | 08:54


O Sindicato dos Químicos do ABC (ligado à CUT) deverá definir até o próximo dia 16 o índice de reajuste a ser reivindicado neste ano, na campanha salarial da categoria, com data-base em 1º de novembro. Na região, o setor conta hoje com 32 mil trabalhadores.

O assunto começou a ser discutido em reunião de terça-feira. Outros encontros para discutir essa questão serão promovidos até a primeira quinzena de setembro, informou o presidente do sindicato, Paulo Lage. Segundo ele, a entidade entregou um documento pedindo a antecipação das negociações.

Já a Fequimfar (Federação dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado de São Paulo) – vinculada à Força Sindical – e dirigentes dos sindicatos filiados iniciaram terça-feira o Seminário de Negociação para discussão da pauta de reivindicações da campanha salarial 2005/2006. O índice de reajuste a ser negociado ficará entre 10% e 15%, considerando o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), de novembro de 2004 a outubro de 2005, estimado em 5,5%.

Os trabalhadores pedem um índice maior que a média da inflação porque buscam recomposição de perdas salariais. Na pauta de reivindicações dos trabalhadores há ainda PLR (Participação nos Lucros ou Resultados) e redução da jornada para 40 horas para todos os trabalhadores.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;