Fechar
Publicidade

Domingo, 13 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Estamparia fecha acordo e Grupo 10 negocia hoje

Cinco das seis bancadas patronais, encerram negociações da categoria.


Pedro Souza

27/09/2013 | 07:00


 Os metalúrgicos entraram na reta final da campanha salarial deste ano. Ontem, a bancada patronal de Estamparia conseguiu aumento de 8%. Assim, 86% da categoria em São Bernardo, Diadema, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, excluindo funcionários de montadoras, já fecharam acordos. Hoje, às 10h, o Grupo 10 (lâmpadas, material bélico e equipamentos odontológicos) se reúne com a classe. São os únicos empresários que ainda não fecharam acordo.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, esta luta é de 72.267 trabalhadores. Com a inclusão da Estamparia, 62.277 já fecharam negociação. O restante, do Grupo 10, é formado por 9.990 pessoas nas quatro cidades.

A FEM-CUT/SP (Federação dos Sindicatos dos Metalúrgicos da Central Única dos Trabalhadores no Estado de São Paulo) é a responsável pelas negociações. A data base da categoria foi no dia 1º de setembro. Inicialmente, os metalúrgicos pediam a reposição do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) acumulado em 12 meses de 6,07%, mais 2% de aumento real.

No entanto, fecharam acordos de INPC mais expansão real de 1,82% com o Grupo 2 (máquinas e eletrônicos), Fundição, Estamparia, Grupo 3 (autopeças, forjaria e parafusos) e Grupo 8 (trefilação, laminação de metais ferrosos, refrigeração, equipamentos ferroviários, esquadrias, construções metálicas, artefatos de ferro e rodoviários).

“Nossa avaliação é positiva, pois vemos que os trabalhadores estão satisfeitos com o resultado dos acordos. Conseguimos um reajuste satisfatório, tendo em vista o cenário econômico, especialmente os dados da indústria. Foi muito importante também termos conseguido fazer todos os acordos nos grupos patronais, diferente do que aconteceu no ano passado”, destacou, por nota, o presidente do sindicato, Rafael Marques. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;