Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 17 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Desafio de Redação entra na última semana de aplicação de provas

Claudinei Plaza/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Estudantes de 18 escolas da região colocaram ontem suas ideias sobre o futuro no papel


Drielly Gaspar
Especial para o Diário

24/09/2013 | 07:00


Para começar a última semana do Desafio de Redação, alunos de 18 escolas de Santo André, São Bernardo, São Caetano, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra puderam colocar no papel sua opinião sobre o tema 2020: o que eu posso fazer para mudar o meu mundo?

Os alunos da EE Jardim Riviera, no Parque Miami, em Santo André, tiraram um tempo da agenda das nove aulas diárias para escrever sobre as mudanças que o mundo precisa enfrentar para ser um lugar melhor. “Pude falar sobre coisas que vejo no meu cotidiano e que acho que precisam ser melhoradas”, diz Diná Trindade, 17 anos, do 3º ano do Ensino Médio.

Além de apontar as melhorias para o ambiente em que vive, Diná pode, assim como os demais alunos, usar a redação como treino para os vestibulares. “É oportunidade para treinarmos nossos argumentos e a forma como escrevemos.”

A estudante acredita que, atualmente, a Educação é a área que precisa de mais melhorias. “A Educação tem que ser levada a lugares de difícil acesso e todos podem contribuir para isso.”
Giovanna Marruchilli Guimarães, 15, do 1º ano, também coloca na Educação suas apostas para mudar o mundo. “Acho que posso ser monitora de alguma matéria para ajudar outros alunos.”

Apesar de concordar com as colegas de escola, Juliana Aparecida da Silva, 16, do 2º ano, sente que as pessoas é que precisam de alterações. “Aprendemos aqui na escola que precisamos ser a mudança. Então, independentemente do que precise ser melhorado, se não mudarmos primeiro, nada vai acontecer ao nosso redor.”

O Desafio de Redação é promovido pelo Diário, correalizado pela USCS (Universidade Municipal de São Caetano), patrocinado pela Petrobras e tem o apoio da Ecovias. A melhor redação entre os alunos do último ano do Ensino Médio será premiada com bolsa de estudos na USCS. As provas foram prorrogadas e serão aplicadas até quinta-feira.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Desafio de Redação entra na última semana de aplicação de provas

Estudantes de 18 escolas da região colocaram ontem suas ideias sobre o futuro no papel

Drielly Gaspar
Especial para o Diário

24/09/2013 | 07:00


Para começar a última semana do Desafio de Redação, alunos de 18 escolas de Santo André, São Bernardo, São Caetano, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra puderam colocar no papel sua opinião sobre o tema 2020: o que eu posso fazer para mudar o meu mundo?

Os alunos da EE Jardim Riviera, no Parque Miami, em Santo André, tiraram um tempo da agenda das nove aulas diárias para escrever sobre as mudanças que o mundo precisa enfrentar para ser um lugar melhor. “Pude falar sobre coisas que vejo no meu cotidiano e que acho que precisam ser melhoradas”, diz Diná Trindade, 17 anos, do 3º ano do Ensino Médio.

Além de apontar as melhorias para o ambiente em que vive, Diná pode, assim como os demais alunos, usar a redação como treino para os vestibulares. “É oportunidade para treinarmos nossos argumentos e a forma como escrevemos.”

A estudante acredita que, atualmente, a Educação é a área que precisa de mais melhorias. “A Educação tem que ser levada a lugares de difícil acesso e todos podem contribuir para isso.”
Giovanna Marruchilli Guimarães, 15, do 1º ano, também coloca na Educação suas apostas para mudar o mundo. “Acho que posso ser monitora de alguma matéria para ajudar outros alunos.”

Apesar de concordar com as colegas de escola, Juliana Aparecida da Silva, 16, do 2º ano, sente que as pessoas é que precisam de alterações. “Aprendemos aqui na escola que precisamos ser a mudança. Então, independentemente do que precise ser melhorado, se não mudarmos primeiro, nada vai acontecer ao nosso redor.”

O Desafio de Redação é promovido pelo Diário, correalizado pela USCS (Universidade Municipal de São Caetano), patrocinado pela Petrobras e tem o apoio da Ecovias. A melhor redação entre os alunos do último ano do Ensino Médio será premiada com bolsa de estudos na USCS. As provas foram prorrogadas e serão aplicadas até quinta-feira.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;