Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 29 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Atlético-MG busca vitória para manter chances de título



31/10/2012 | 07:00


O Atlético Mineiro entra em campo nesta quarta-feira contra o Flamengo com sede de vitória para manter a esperança de conquistar o título do Campeonato Brasileiro. Além da necessidade de vencer a partida da 33.ª rodada, marcada para 21h50 no estádio Independência, em Belo Horizonte, para impedir que o líder Fluminense se distancie na tabela de classificação, o Atlético ainda busca uma revanche da partida da 14.ª rodada, que foi adiada de agosto para setembro e terminou com triunfo da equipe carioca.

Caso vença a partida, o time alvinegro reduzirá para seis pontos a diferença que o separa do Fluminense a cinco partidas do fim da competição. E o técnico Cuca tem o elenco praticamente todo à disposição para ajudar a alcançar o objetivo. As exceções são o lateral-esquerdo Júnior César, que cavou um cartão amarelo contra o Fluminense no último confronto para antecipar uma suspensão, pois não poderia jogar devido a cláusulas contratuais, e o zagueiro Rafael Marques, que permanece em observação por causa de uma pancada na cabeça na partida contra o Santos.

E a equipe mineira afirma que entrará em campo com a mesma pegada que o levou a conseguir uma empolgante vitória de virada sobre o líder na última partida. "É especial porque é um jogo que nos dá possibilidade de continuar sonhando com o título. Então, é como uma final", avaliou Ronaldinho Gaúcho.

Depois de se destacar com belas cobranças de falta no último treino antes da partida, o ídolo alvinegro ressaltou que espera uma boa partida porque, no Independência, se sente bem. "É como se fosse o quintal da minha casa. Me sinto à vontade para fazer o que mais gosto", disse o meia, que deixou o Flamengo de forma conflituosa e com fraco desempenho e vem se destacando em praticamente todas as partidas que disputa. "Quero aproveitar todos os minutos possíveis para dar alegria à torcida que me abraçou no momento mais difícil de minha vida", salientou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Atlético-MG busca vitória para manter chances de título


31/10/2012 | 07:00


O Atlético Mineiro entra em campo nesta quarta-feira contra o Flamengo com sede de vitória para manter a esperança de conquistar o título do Campeonato Brasileiro. Além da necessidade de vencer a partida da 33.ª rodada, marcada para 21h50 no estádio Independência, em Belo Horizonte, para impedir que o líder Fluminense se distancie na tabela de classificação, o Atlético ainda busca uma revanche da partida da 14.ª rodada, que foi adiada de agosto para setembro e terminou com triunfo da equipe carioca.

Caso vença a partida, o time alvinegro reduzirá para seis pontos a diferença que o separa do Fluminense a cinco partidas do fim da competição. E o técnico Cuca tem o elenco praticamente todo à disposição para ajudar a alcançar o objetivo. As exceções são o lateral-esquerdo Júnior César, que cavou um cartão amarelo contra o Fluminense no último confronto para antecipar uma suspensão, pois não poderia jogar devido a cláusulas contratuais, e o zagueiro Rafael Marques, que permanece em observação por causa de uma pancada na cabeça na partida contra o Santos.

E a equipe mineira afirma que entrará em campo com a mesma pegada que o levou a conseguir uma empolgante vitória de virada sobre o líder na última partida. "É especial porque é um jogo que nos dá possibilidade de continuar sonhando com o título. Então, é como uma final", avaliou Ronaldinho Gaúcho.

Depois de se destacar com belas cobranças de falta no último treino antes da partida, o ídolo alvinegro ressaltou que espera uma boa partida porque, no Independência, se sente bem. "É como se fosse o quintal da minha casa. Me sinto à vontade para fazer o que mais gosto", disse o meia, que deixou o Flamengo de forma conflituosa e com fraco desempenho e vem se destacando em praticamente todas as partidas que disputa. "Quero aproveitar todos os minutos possíveis para dar alegria à torcida que me abraçou no momento mais difícil de minha vida", salientou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;