Fechar
Publicidade

Sábado, 16 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Polícia prende quinto suspeito de assassinar menino no RJ


Do Diário OnLine

11/02/2007 | 15:06


A polícia do Rio de Janeiro prendeu na manhã deste domingo o quinto suspeito de participar o assassinato do menino João Hélio Fernandes, 6 anos, ocorrido na noite da última quarta-feira na capital carioca.

Carlos Eduardo de Toledo Lima, 23 anos, resolveu se entregar à polícia. Mesmo assim, negou que tenho participado do crime ao lado dos outros quatro criminosos, que já estão detidos.

O acusado preso neste domingo é ex-presidiário. De acordo com as informações da polícia do RJ, ele é um dos chefes da quadrilha e teria sido o motorista do carro após o roubo. Ele é irmão do único menor de idade também suspeito de participar do assassinato.  

Além de Carlos, Diego Nascimento da Silva, 18 anos, Tiago Abreu Mattos, 18 anos e Carlos Roberto da Silva, 21 anos, terão que responder pelos crimes de formação de quadrilha e latrocínio (roubo seguido de morte).

Crime -  A ação aconteceu no bairro Oswaldo Cruz, na Zona Norte do Rio. Por volta das 21h de quarta-feira, a mãe, o menino e sua irmã passavam pela Rua João Vicente quando o roubo foi anunciado. A mulher, ao lado da menina, foi obrigada a descer do carro e, quando tentava tirar o filho do banco de trás, os bandidos aceleraram.

A criança ficou presa pelo cinto de segurança, com o corpo pendurado para fora do veículo, e foi arrastada por mais de dez ruas. Moradores do bairro que viam a cena gritavam para que o motorista parasse, sem saber que se tratava de um assalto.

Os assassinos pararam apenas sete quilômetros depois, no bairro de Cascadura, quando o menino já estava morto. Eles abandonaram o carro e fugiram a pé.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;