Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 17 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Schäuble pede a Parlamento alemão que aprove hoje programa de resgate à Grécia



19/08/2015 | 06:30


O ministro de Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, pediu hoje ao Parlamento do país que ratifique o novo programa de resgate à Grécia, que encerrará meses de negociações acaloradas entre Atenas e seus credores internacionais.

Schäuble, que falou na Casa antes de os parlamentares alemães votarem o assunto nesta quarta-feira, disse que a decisão sobre o programa de 86 bilhões de euros (US$ 95 bilhões) não é fácil e enfatizou que ele mesmo não enfrentou a situação com facilidade.

"É claro, meus queridos colegas, que não há garantia de que isso tudo vá funcionar e é normal que haja dúvidas, em face das experiências dos últimos meses e anos", disse Schäuble, durante debate sobre o terceiro pacote de resgate grego em cinco anos, para o qual os parlamentares tiveram de interromper seu recesso. "Mas devido ao fato de o Parlamento grego já ter aprovado uma grande partes das medidas (que preveem ajuda financeira em troca de reformas), seria irresponsável não usar a chance de um novo começo na Grécia agora," completou.

Schäuble foi um dos principais críticos das negociações com o governo esquerdista da Grécia nos últimos meses e seu aval ao programa é crucial para conquistar o apoio de parlamentares céticos da coalizão conservadora da chanceler alemã, Angela Merkel.

"Se a Grécia respeitar o acordo e se o programa for implementado de forma decisiva e plenamente, a economia grega poderá voltar a crescer nos próximos anos. A oportunidade foi dada e se ela vai ser aproveitada é uma decisão que depende apenas do povo grego", afirmou o ministro durante o debate.

Schäuble também comentou que a participação do Fundo Monetário Internacional (FMI) no resgate à Grécia é fundamental para o governo alemão e disse não ver espaço para a concessão de alívio à dívida grega.

A Alemanha e parlamentos de outros países da zona do euro devem aprovar o programa de resgate antes de a Grécia receber novos recursos financeiros. Amanhã, Atenas tem uma dívida de 3,4 bilhões de euros a pagar ao Banco Central Europeu (BCE).

A expectativa é que a câmara baixa do Parlamento alemão aprove hoje o resgate à Grécia. A coalizão de Merkel domina 80% dos assentos do Bundestag, como é conhecida a câmara. Fonte: Dow Jones Newswires.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;