Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Obra em pista de skate de Mauá terá início em março

Nario Barbosa/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Reforma do Parque da Juventude, atrás da Prefeitura, começará com um mês de atraso


Vanessa de Oliveira
Do Diário do Grande ABC

25/02/2015 | 07:00


A Prefeitura de Mauá prevê começar no dia 2 de março as obras de revitalização do Parque da Juventude, localizado na área do Paço Municipal, na Vila Noêmia. Os serviços começarão com um mês de atraso, já que na placa fixada em frente ao equipamento constava o dia 2 de fevereiro para início dos trabalhos.

A ação terá investimentos da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) como parte integrante do convênio, assinado em outubro de 2013, que instituiu o repasse de R$ 7,7 milhões para a administração mauaense como contrapartida da implantação do Trecho Sul do Rodoanel.

Segundo o Executivo, somente na última semana a Dersa autorizou os trabalhos, após analisar o projeto encaminhado à empresa e que será executado pela companhia Trajeto Construções e Serviços Ltda, sediada na Capital. A Dersa confirmou que deu o aval à municipalidade no dia 19.

A área total do parque será de 24.742 m² e contará com muros de escalada, tirolesa, palco para apresentações culturais, quadra poliesportiva, playground, pista de skate infantil e adulto, academia ao ar livre, pistas de bicicross e caminhada, além de lanchonete e sanitários.

O prazo é de dez meses a partir do início da obra, com investimento de R$ 1,8 milhão. De acordo com a Dersa, o restante do recurso será destinado em obras de saneamento básico e melhorias viárias nas avenidas Papa João XXIII, João Ramalho e Francisco Ortega Escobar, revitalizações de passeios, acessos e ciclovias.

Quem utiliza o Parque da Juventude não vê a hora de o projeto sair do papel. Isso porque o local encontra-se em estado de abandono. O mato ao redor está alto, o único banheiro, completamente pichado, sem luz e imundo, e a principal atração – a pista de skate – apresenta problemas. “Ela tem buracos e rachaduras. Há um mês um menino quebrou o braço ao cair depois que a roda do skate travou em uma dessas fissuras”, contou o estudante Matheus Couto de Carvalho, 14 anos, que frequenta o espaço todos os dias. A última reforma da pista foi em 2013.

O casal Thiago Bassi, 33, e Deise Rodrigues de Souza, 27, moradores de Ribeirão Pires, levam a filha de 7 anos, Victoria, diariamente ao parque para treinar o esporte e lamentam a atual situação, acrescentando mais um problema: a falta de segurança. “Durante todo o dia é possível ver pessoas fumando droga e, em quatro anos que viemos aqui, só vi a GCM (Guarda Civil Municipal) passar duas vezes. Para piorar, na semana passada cortaram a iluminação”, falou Bassi.

Ganhadora de 15 medalhas em competições, Victoria também tem suas queixas. “Quebraram garrafas na pista na batalha de hip hop (realizada às quartas-feiras) e quase me machuquei com os cacos.”

Sobre o caso relatado pela garota, a Prefeitura disse se tratar de ato isolado, segundo o comando da GCM, “que acompanha constantemente a atividade com patrulhamento realizado por viaturas e motos.”

Ansiosa por melhorias, Victoria deixou seu recado: “Por favor, arrumem o parque. A gente que é skatista precisa dele.” 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;