Fechar
Publicidade

Sábado, 17 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Ibovespa opera em alta após dados positivos do mercado de trabalho nos EUA



05/03/2021 | 12:02


O Índice Bovespa, que chegou a cair momentaneamente nesta sexta-feira (5) após a divulgação do relatório de empregos dos Estados Unidos, mas ganhou fôlego e passou a oscilar em alta acima de 1%, registrando máximas no patamar acima dos 114 mil pontos. Profissionais nas mesas de operações afirmam que o apetite por risco vem principalmente investidores estrangeiros, que se destacam na compra de papéis do setor financeiro e de Petrobras.

Os EUA criaram 379 mil vagas de trabalho no mês passado, ante expectativa de 200 mil postos criados. Em princípio, analistas previam que um payroll forte poderia ser negativo para mercados acionários de países emergentes, pelo risco de migração de recursos para os EUA. No entanto, a percepção de que o mercado brasileiro de commodities pode ser beneficiado pela aceleração da economia americana é um dos argumentos para a melhora do humor. Às 11h40, o Ibovespa marcava 114.075,28 pontos, em alta de 1,23%. Em Nova York, todos os principais índices operam com ganhos.

No noticiário doméstico da manhã, a Anfavea, entidade que reúne as montadoras de veículos, anunciou queda de 3,5% na produção de fevereiro, na comparação com o mesmo mês do ano passado. Na passagem de janeiro para fevereiro houve recuo de 1,3%. Segundo a Anfavea, a indústria automotiva teve o seu pior fevereiro desde 2016. As vendas do setor caíram 16,7% ante fevereiro do ano passado e 2,2% na passagem de janeiro para fevereiro. O estoque de carros correspondia a 18 dias no mês passado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ibovespa opera em alta após dados positivos do mercado de trabalho nos EUA


05/03/2021 | 12:02


O Índice Bovespa, que chegou a cair momentaneamente nesta sexta-feira (5) após a divulgação do relatório de empregos dos Estados Unidos, mas ganhou fôlego e passou a oscilar em alta acima de 1%, registrando máximas no patamar acima dos 114 mil pontos. Profissionais nas mesas de operações afirmam que o apetite por risco vem principalmente investidores estrangeiros, que se destacam na compra de papéis do setor financeiro e de Petrobras.

Os EUA criaram 379 mil vagas de trabalho no mês passado, ante expectativa de 200 mil postos criados. Em princípio, analistas previam que um payroll forte poderia ser negativo para mercados acionários de países emergentes, pelo risco de migração de recursos para os EUA. No entanto, a percepção de que o mercado brasileiro de commodities pode ser beneficiado pela aceleração da economia americana é um dos argumentos para a melhora do humor. Às 11h40, o Ibovespa marcava 114.075,28 pontos, em alta de 1,23%. Em Nova York, todos os principais índices operam com ganhos.

No noticiário doméstico da manhã, a Anfavea, entidade que reúne as montadoras de veículos, anunciou queda de 3,5% na produção de fevereiro, na comparação com o mesmo mês do ano passado. Na passagem de janeiro para fevereiro houve recuo de 1,3%. Segundo a Anfavea, a indústria automotiva teve o seu pior fevereiro desde 2016. As vendas do setor caíram 16,7% ante fevereiro do ano passado e 2,2% na passagem de janeiro para fevereiro. O estoque de carros correspondia a 18 dias no mês passado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;