Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Tortorello e vice deixam cargos


Adriana Cardoso
Da Redaçao

22/07/2000 | 00:15


  O prefeito de Sao Caetano, Luiz Tortorello, e seu vice, Silvio Torres, candidatos do PTB à reeleiçao, vao se licenciar do cargo a partir do próximo dia 5 para se dedicar exclusivamente à campanha. A informaçao é do assessor especial de Tortorello Joao da Costa Faria. Com a licença dupla, o presidente da Câmara Municipal, Luiz Emiliani (PL), assume o cargo.

A LOM (Lei Orgânica do Município) determina que, na ausência do prefeito e do vice, assume o cargo o responsável pelo Legislativo. Emiliani, porém, é candidato à reeleiçao e, se assumir a Prefeitura, terá de desistir de concorrer ao cargo de vereador neste ano.

A desincompatibilizaçao de Tortorello do cargo ainda nao foi votada pela Câmara. O prefeito está licenciado do cargo desde o último dia 6, e tem retorno marcado para a próxima terça-feira.

Quando reassumir o comando da cidade, o petebista pode suspender o recesso parlamentar para que seja votada sua licença e a do vice-prefeito. "O prefeito pode também esperar a primeira sessao da Câmara após o recesso (dia 1º de agosto) para votar o projeto)", disse Faria.

Se levasse em consideraçao os números da pesquisa A. Franceschini Análises de Mercado/Diário, divulgada no último domingo, Tortorello nem precisaria fazer campanha. O petebista aparece disparado na frente de seus adversários, com 72% das intençoes de voto. "Todo candidato, se dormir em berço esplêndido, pode ter uma surpresa", disse o assessor especial de Tortorello.

A campanha da coligaçao Sao Caetano Seguindo em Frente - grupo de 12 partidos que apóiam candidatura do petebista - começa no dia 1º, exatamente às 9h30. Nesse horário, o prefeito vai estar visitando o comércio da rua Visconde de Inhaúma, na Vila Gerty.

Sem pompa, a campanha da coligaçao, cujo gasto previsto é de R$ 600 mil, promete ser caseira, sem eventos de grande porte, como showmícios.

O petebista, de acordo com o assessor, traçou um roteiro para visitar toda a cidade, batendo de "porta em porta". O prefeito deverá convocar os 175 candidatos da coligaçao para que o acompanhem nas caminhadas.

A desincompatibilizaçao do prefeito Luiz Tortorello e do seu vice, Silvio Torres, deve colocar o presidente da Câmara, Luiz Emiliani, sucessor de direito ao cargo, numa situaçao complicada. Caso assuma o cargo, o parlamentar terá de renunciar à sua candidatura à reeleiçao de vereador.

O parágrafo 6º, do artigo 14, da Constituiçao, diz que, para concorrer a outros cargos, presidente da República, governadores e prefeitos, devem renunciar aos respectivos mandatos até seis meses antes do pleito.

O especialista em Direito Público Nelson Saule Júnior disse que a saída seria Emiliani renunciar à presidência da Câmara. A vaga, entao, seria ocupada pelo vice-presidente da Casa, Joao Rodrigues (PTB), que também é candidato à reeleiçao.

Surpreso, Emiliani disse nesta sexta nao ter sido comunicado oficialmente sobre o assunto, mas já antecipou que de maneira alguma abre mao de concorrer à reeleiçao. "Nao posso fazer isso".

A licença de Tortorello e do vice já foi tida por lideranças governistas como uma estratégia do prefeito, de dar uma espécie de "prêmio de consolaçao" ao presidente.

Emiliani, junto com Torres e o presidente do PTB local, o assessor especial do prefeito Joao Tessarini, disputavam a indicaçao para a vaga de vice nas eleiçoes deste ano. Os convencionais preferiram, porém, manter o médico Silvio Torres, por acreditar que "em time que está ganhando nao se mexe".

Essa nao é a primeira vez que um presidente assume o cargo num mandato de Tortorello. Em sua primeira gestao (1989 a 1992), o petebista, junto com Tessarini, o vice na época, licenciaram-se. A vaga foi assumida pelo entao presidente da Câmara, Maurício Teixeira Martins, hoje vereador pelo PPS.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;