Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Bebê esquecido em carro é enterrado em Guarulhos


Do Diário OnLine

13/04/2007 | 12:16


O bebê de 1 ano e 4 meses que morreu após ser esquecido pelo pai dentro de um carro foi enterrado na manhã desta sexta-feira no Cemitério Memorial de Guarulhos, na Grande São Paulo. 

A tragédia aconteceu na manhã de quinta-feira. O biólogo Ricardo César Garcia, 31 anos, contou à polícia que todos os dias levava a mulher ao trabalho, deixava o bebê na casa de parentes e depois ia trabalhar. Ontem, em seu primeiro dia de férias, levou a mulher, voltou para casa e acabou esquecendo o filho no banco de trás do carro.

Já em casa, Ricardo teria passado mal por causa de uma dor de cabeça e acabou dormindo. Ele notou a falta do bebê apenas cinco horas mais tarde, quando acordou.

O menino já estava desacordado quando foi retirado do carro pelo pai. Segundo informações do Jornal da Globo, o biólogo, em desespero, chegou a levar o filho com vida ao hospital, mas o menino morreu pouco depois.

No mesmo hospital, a mãe do bebê foi internada em estado de choque e o biólogo foi preso em flagrante por homicídio doloso (quando não há intenção de matar). Ele foi liberado depois de pagar R$ 300 de fiança.

O delegado Marco Antônio da Silva afirmou que a polícia vai trabalhar com a "hipótese de que tenha realmente havido falta de atenção à criança".


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bebê esquecido em carro é enterrado em Guarulhos

Do Diário OnLine

13/04/2007 | 12:16


O bebê de 1 ano e 4 meses que morreu após ser esquecido pelo pai dentro de um carro foi enterrado na manhã desta sexta-feira no Cemitério Memorial de Guarulhos, na Grande São Paulo. 

A tragédia aconteceu na manhã de quinta-feira. O biólogo Ricardo César Garcia, 31 anos, contou à polícia que todos os dias levava a mulher ao trabalho, deixava o bebê na casa de parentes e depois ia trabalhar. Ontem, em seu primeiro dia de férias, levou a mulher, voltou para casa e acabou esquecendo o filho no banco de trás do carro.

Já em casa, Ricardo teria passado mal por causa de uma dor de cabeça e acabou dormindo. Ele notou a falta do bebê apenas cinco horas mais tarde, quando acordou.

O menino já estava desacordado quando foi retirado do carro pelo pai. Segundo informações do Jornal da Globo, o biólogo, em desespero, chegou a levar o filho com vida ao hospital, mas o menino morreu pouco depois.

No mesmo hospital, a mãe do bebê foi internada em estado de choque e o biólogo foi preso em flagrante por homicídio doloso (quando não há intenção de matar). Ele foi liberado depois de pagar R$ 300 de fiança.

O delegado Marco Antônio da Silva afirmou que a polícia vai trabalhar com a "hipótese de que tenha realmente havido falta de atenção à criança".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;