Fechar
Publicidade

Sábado, 21 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Bolsonaro: nome de Eduardo vai ser apresentado ao Senado, não tem recuo



21/08/2019 | 11:04


O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou nesta quarta-feira, 21, que o nome do seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), "vai ser apresentado ao Senado" como indicado para a Embaixada do Brasil em Washington. "Não tem recuo", disse Bolsonaro ao deixar o Palácio da Alvorada.

Ele afirmou que considera fazer a indicação do filho em meados de setembro, após a Semana do Brasil, que acontece em comemoração ao 7 de setembro, Dia da Independência.

"Talvez, em setembro, após a semana da pátria. Essa pergunta tem de fazer ao Eduardo, ele é que vai sentir o timing. Apenas vou usar a caneta Bic", declarou o presidente a República.

Segundo Bolsonaro, ele e o filho aguardam "o momento certo" para a indicação. "O Eduardo está estudando, está se preparando. Vai ser uma sabatina no Senado em que todos vocês estarão lá, todos sem exceção, é igual urubu na carniça. Vai estar todo mundo lá de olho. E ele tem de fazer uma sabatina melhor do que se fosse o Ernesto Araujo ministro da Relações Exteriores."

Na terça-feira, 20, Bolsonaro admitiu a possibilidade de desistir da indicação do filho, caso perceba que não há votos suficientes no Senado para aprovar a indicação. "Não quero submeter meu filho ao fracasso", disse na terça.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bolsonaro: nome de Eduardo vai ser apresentado ao Senado, não tem recuo


21/08/2019 | 11:04


O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou nesta quarta-feira, 21, que o nome do seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), "vai ser apresentado ao Senado" como indicado para a Embaixada do Brasil em Washington. "Não tem recuo", disse Bolsonaro ao deixar o Palácio da Alvorada.

Ele afirmou que considera fazer a indicação do filho em meados de setembro, após a Semana do Brasil, que acontece em comemoração ao 7 de setembro, Dia da Independência.

"Talvez, em setembro, após a semana da pátria. Essa pergunta tem de fazer ao Eduardo, ele é que vai sentir o timing. Apenas vou usar a caneta Bic", declarou o presidente a República.

Segundo Bolsonaro, ele e o filho aguardam "o momento certo" para a indicação. "O Eduardo está estudando, está se preparando. Vai ser uma sabatina no Senado em que todos vocês estarão lá, todos sem exceção, é igual urubu na carniça. Vai estar todo mundo lá de olho. E ele tem de fazer uma sabatina melhor do que se fosse o Ernesto Araujo ministro da Relações Exteriores."

Na terça-feira, 20, Bolsonaro admitiu a possibilidade de desistir da indicação do filho, caso perceba que não há votos suficientes no Senado para aprovar a indicação. "Não quero submeter meu filho ao fracasso", disse na terça.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;