Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Palmeiras encara viagem de 7h para pegar Flamengo


Analy Cristofani
Do Diário do Grande ABC
Com Agência

01/12/2001 | 01:08


  Antes do listão de dispensa na equipe do Palmeiras, que será divulgado na terça-feira, o elenco encara sete horas de viagem de ônibus até Juiz de Fora-MG, onde enfrenta o Flamengo no domingo. O diretor de futebol, Sebastião Lapola, garante que não é castigo. “Se fôssemos de avião teríamos de desembarcar no Rio e seguir de ônibus por uma estrada ruim”, disse.

Os jogadores só souberam da notícia no vestiário. A princípio, imaginaram se tratar de uma brincadeira. “Não imaginei que fosse verdade”, disse Magrão. Ninguém reclamou. Só o goleiro Marcos, que não tem falado com a imprensa, comentou de passagem. “Depois de ficar sete ou oito horas espremido num ônibus, quero ver como vai ser esticar a perna na hora de enfrentar o Flamengo”.

Eliminado da próxima fase do Brasileiro, os jogadores já pensam no futuro. Nesta sexta, o atacante Edmílson foi avisado que seu contrato será rescindido. “Tenho contrato até junho, mas a diretoria já avisou que quer a rescisão”, disse.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Palmeiras encara viagem de 7h para pegar Flamengo

Analy Cristofani
Do Diário do Grande ABC
Com Agência

01/12/2001 | 01:08


  Antes do listão de dispensa na equipe do Palmeiras, que será divulgado na terça-feira, o elenco encara sete horas de viagem de ônibus até Juiz de Fora-MG, onde enfrenta o Flamengo no domingo. O diretor de futebol, Sebastião Lapola, garante que não é castigo. “Se fôssemos de avião teríamos de desembarcar no Rio e seguir de ônibus por uma estrada ruim”, disse.

Os jogadores só souberam da notícia no vestiário. A princípio, imaginaram se tratar de uma brincadeira. “Não imaginei que fosse verdade”, disse Magrão. Ninguém reclamou. Só o goleiro Marcos, que não tem falado com a imprensa, comentou de passagem. “Depois de ficar sete ou oito horas espremido num ônibus, quero ver como vai ser esticar a perna na hora de enfrentar o Flamengo”.

Eliminado da próxima fase do Brasileiro, os jogadores já pensam no futuro. Nesta sexta, o atacante Edmílson foi avisado que seu contrato será rescindido. “Tenho contrato até junho, mas a diretoria já avisou que quer a rescisão”, disse.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;