Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 3 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Bento XVI reafirma importância dos movimentos leigos para Igreja


Da AFP

03/06/2006 | 15:40


À véspera do Pentecostes, o papa Bento XVI exaltou nesta sábado o papel dos movimentos leigos católicos na construção de uma Igreja "a serviço dos homens e, particularmente, dos mais pobres".

Saudando da Praça São Pedro a multidão considerável - estimada pela prefeitura de Roma em cerca de 350 mil pessoas - as "Comunidades novas" e os "Movimentos eclesiais", Bento XVI reafirmou o papel muitas vezes essencial desempenhado pelos leigos ao lado dos padres e da hierarquia tradicional.

"Caros amigos, peço que sejam ainda mais, muito mais colaboradores com o ministério apostólico universal do papa um melhor serviço da Igreja aos homens", declarou Bento XVI.

Trata-se do segundo encontro entre o papa e os mais de 120 movimentos leigos que floresceram na Igreja na trilha do Concílio do Vaticano II. Bento XVI situou esta véspera de Pentecostes sob o signo do "bem-amado João Paulo II, grande evangelizador de nossa época".

O papa também falou longamente em italiano sobre a natureza do Espírito Santo que, segundo a tradição católica, desce sobre os apóstolos na festa do Pentecostes.

Bento XVI o definiu como "o Espírito Criador do Mundo" e pediu aos fiéis que respeitem a Criação.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bento XVI reafirma importância dos movimentos leigos para Igreja

Da AFP

03/06/2006 | 15:40


À véspera do Pentecostes, o papa Bento XVI exaltou nesta sábado o papel dos movimentos leigos católicos na construção de uma Igreja "a serviço dos homens e, particularmente, dos mais pobres".

Saudando da Praça São Pedro a multidão considerável - estimada pela prefeitura de Roma em cerca de 350 mil pessoas - as "Comunidades novas" e os "Movimentos eclesiais", Bento XVI reafirmou o papel muitas vezes essencial desempenhado pelos leigos ao lado dos padres e da hierarquia tradicional.

"Caros amigos, peço que sejam ainda mais, muito mais colaboradores com o ministério apostólico universal do papa um melhor serviço da Igreja aos homens", declarou Bento XVI.

Trata-se do segundo encontro entre o papa e os mais de 120 movimentos leigos que floresceram na Igreja na trilha do Concílio do Vaticano II. Bento XVI situou esta véspera de Pentecostes sob o signo do "bem-amado João Paulo II, grande evangelizador de nossa época".

O papa também falou longamente em italiano sobre a natureza do Espírito Santo que, segundo a tradição católica, desce sobre os apóstolos na festa do Pentecostes.

Bento XVI o definiu como "o Espírito Criador do Mundo" e pediu aos fiéis que respeitem a Criação.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;