Fechar
Publicidade

Sábado, 31 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Industrial alemao sugere zona franca para a ex-Iugoslávia


Do Diário do Grande ABC

26/06/1999 | 10:43


O presidente da Federaçao da Indústria Alema (BDI), Hans-Olaf Henkel, propôs apoiar a reconstruçao dos países da ex-Iugoslávia com o estabelecimento de uma zona franca, numa entrevista a ser publicada pelo semanário Der Spiegel na próxima segunda-feira.

Ao mesmo tempo, Henkel convocou o governo alemao a se comprometer por uma medida neste sentido dentro da Uniao Européia.

Segundo Henkel, esta zona franca poderia englobar, ``além de Kosovo, a Bósnia-Herzegovina, Macedônia, Croácia, e também a Sérvia, com a condiçao de que Milosevic deixe o poder''.

Segundo este industrial, tal regiao ``é tao interessante quanto a Rússia'' para os investidores alemaes, apesar de a ex-Iugoslávia ser menor e ter menos habitantes.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Industrial alemao sugere zona franca para a ex-Iugoslávia

Do Diário do Grande ABC

26/06/1999 | 10:43


O presidente da Federaçao da Indústria Alema (BDI), Hans-Olaf Henkel, propôs apoiar a reconstruçao dos países da ex-Iugoslávia com o estabelecimento de uma zona franca, numa entrevista a ser publicada pelo semanário Der Spiegel na próxima segunda-feira.

Ao mesmo tempo, Henkel convocou o governo alemao a se comprometer por uma medida neste sentido dentro da Uniao Européia.

Segundo Henkel, esta zona franca poderia englobar, ``além de Kosovo, a Bósnia-Herzegovina, Macedônia, Croácia, e também a Sérvia, com a condiçao de que Milosevic deixe o poder''.

Segundo este industrial, tal regiao ``é tao interessante quanto a Rússia'' para os investidores alemaes, apesar de a ex-Iugoslávia ser menor e ter menos habitantes.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;