Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

CJF libera verba para pagamento de sentenças judiciais


Do Diário OnLine
Com Agências

22/02/2005 | 17:47


O presidente do CJF (Conselho da Justiça Federal), ministro Edson Vidigal, liberou nesta terça-feira aos Tribunais Regionais Federais os limites financeiros destinados ao pagamento de todos os precatórios de natureza alimentícia incluídos na Lei Orçamentária de 2005. Os precatórios referentes à União (administração direta) são da ordem de R$ 674,2 milhões, e aqueles relativos às entidades federais (administração indireta) somam pouco mais de R$ 1 bilhão.

Vidigal também liberou os limites para pagamento das requisições de pequeno valor autuadas no mês de janeiro deste ano, que totalizam quase R$ 372 milhões. Cerca de 93% desse montante (R$ 346,8milhões) é referente à Previdência Social, ou seja, será destinado ao pagamento de sentenças favoráveis à revisão ou concessão de benefícios previdenciários.

Os precatórios cujos limites financeiros são liberados pelo CJF se destinam ao pagamento de sentenças judiciais proferidas na Justiça Federal, em todo o país. Aqueles de natureza alimentícia, que foram liberados nesta terça, têm prioridade sobre os demais.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

CJF libera verba para pagamento de sentenças judiciais

Do Diário OnLine
Com Agências

22/02/2005 | 17:47


O presidente do CJF (Conselho da Justiça Federal), ministro Edson Vidigal, liberou nesta terça-feira aos Tribunais Regionais Federais os limites financeiros destinados ao pagamento de todos os precatórios de natureza alimentícia incluídos na Lei Orçamentária de 2005. Os precatórios referentes à União (administração direta) são da ordem de R$ 674,2 milhões, e aqueles relativos às entidades federais (administração indireta) somam pouco mais de R$ 1 bilhão.

Vidigal também liberou os limites para pagamento das requisições de pequeno valor autuadas no mês de janeiro deste ano, que totalizam quase R$ 372 milhões. Cerca de 93% desse montante (R$ 346,8milhões) é referente à Previdência Social, ou seja, será destinado ao pagamento de sentenças favoráveis à revisão ou concessão de benefícios previdenciários.

Os precatórios cujos limites financeiros são liberados pelo CJF se destinam ao pagamento de sentenças judiciais proferidas na Justiça Federal, em todo o país. Aqueles de natureza alimentícia, que foram liberados nesta terça, têm prioridade sobre os demais.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;