Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 24 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Ricardinho diz que só pensa no Timão


Angelo Verotti
Do Diário do Grande ABC
Com Agências

11/07/2002 | 00:19


Apesar de sua permanência no Corinthians estar praticamente descartada para o Campeonato Brasileiro, o meia Ricardinho procurou deixar claro à torcida nesta quarta, em Belém, que não irá permitir que as propostas que o seu empresário e o presidente Alberto Dualib negociam atualmente afetem seu desempenho na equipe, que domingo tem um clássico decisivo contra o Fluminense pela Copa dos Campeões.

“O meu procurador, Rubens Pozzi, está resolvendo estas situações com a diretoria, especificamente com Seu Alberto (Dualib, presidente do Corinthians). Enquanto isso, meu pensamento é de dar continuidade ao meu trabalho e me preparar para o jogo de domingo, estar com o grupo”, disse o meia.

Ricardinho evita até mesmo um sentimento de despedida. “Estou bem concentrado no meu trabalho eu não posso pensar em uma hipótese sendo que nada aconteceu. Meu dia-a-dia continua o mesmo”, afirmou o jogador.

Mas o destino de Ricardinho deve ser o futebol europeu, para onde não esconde querer voltar – já atuou no Bordeaux, da França. O jogador gosta do calendário estruturado e do nível cultural da Europa. “Ele tem boa história no Corinthians, mas está na expectativa de retornar à Europa”, disse Pozzi. “Tivemos consultas de vários países. Se a proposta for vantajosa financeiramente e o clube for uma vitrine, ele se transfere.” O que facilita a volta do meia ao Velho Continente é o fato de ter cidadania italiana, o que o torna atleta da comunidade européia.

O meia mostrou sua disposição de atuar domingo ao participar do coletivo promovido pelo técnico Carlos Alberto Parreira pela manhã sob efeito do forte calor no estádio Baenão. Foi a primeira vez que Ricardinho voltou a treinar pelo time ao lado do volante Vampeta.

Parreira, que em sua chegada afirmou que a dupla pode atuar apenas no segundo tempo do clássico, colocou os dois na reserva e deu atenção especial aos titulares dos dois primeiros jogos, Fabinho e Renato. “Eles podem, dependendo da necessidade, entrar no segundo tempo ou até nem jogar. Vai depender do que observarmos nos próximos dias”, disse o treinador.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;