Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Palestra e Mauaense fazem clássico

Os dois times fazem nesta sexta-feira, às 15h, no Baetão, o clássico regional pela Segunda Divisão do Paulista


André Battistini
Especial para o Diário

01/05/2009 | 07:02


Palestra e Mauaense fazem nesta sexta-feira, às 15h, no Estádio do Baetão, o clássico regional pela Segunda Divisão do Paulista. O duelo marca o encontro entre o segundo (Mauaense) e o terceiro (Palestra) colocados do Grupo 6. As equipes buscam os três pontos para não se distanciar do líder Jabaquara (seis), que tem um confronto relativamente fácil na terceira rodada - recebe o São Vicente (sem pontuação).

O Palestra, que parou no Jabaquara na última rodada, quer a reabilitação. "O Mauaense é um adversário forte. Acredito que o nosso time não sentiu a derrota. Procuramos trabalhar em cima dos erros de posicionamento que nos prejudicaram", afirmou quinta-feira o técnico Sandro Gaúcho.

Enquanto isso, Jefferson, destaque do time no início do Estadual, relembra o amistoso entre as equipes na vitória do Alviverde (2 a 0) logo no começo do ano. "Conhecemos bem o Mauaense. Naquele jogo, levamos a melhor, mas não podemos achar que agora as coisas serão fáceis. Eles devem ter melhorado", alertou o atacante, que já marcou dois gols na Segundona e que quinta-feira comemorou 20 anos.

No Grêmio Mauaense, o técnico Zé Maria considera fundamental superar o Palestra num instante em que ambos querem mostrar quem é quem na temporada. "É sempre uma curiosidade para os torcedores regionais. Todos estão na expectativa de um bom desempenho de um e de outro. No meu caso, aposto nos meus garotos", elogiou.

Zé Maria parou de reclamar do gramado sintético do Baetão, local do treinamento de quinta-feira à tarde. "Poderíamos correr na grama natural lá no Primeiro de Maio (Vila Euclides), mas os dois lados terão as mesmas dificuldades", reconheceu o comandante, que mantém dúvidas para escalar o Grêmio.

Entre elas, aparecem o atacante Seixas (pancada na perna) e o meia Marquinhos (lesão muscular), que ainda farão testes definitivos. O goleiro Jorge substitui Bruno. (Colaborou Nelson Cilo)

Sandro Gaúcho espera apoio da torcida para a partida

O técnico do Palestra, Sandro Gaúcho espera o apoio da torcida nesta sexta-feira no estádio do Baetão. Na última rodada, quando a equipe foi derrotada em casa pelo Jabaquara por 3 a 2, o público foi de 195 pagantes.

Como nesta sexta-feira é feriado, a expectativa é que mais torcedores compareçam a partida, tanto que o jogo estava marcado para às 19h30, mas, devido a um pedido da diretoria do clube, o confronto foi remarcado para às 15h. "É importante o apoio da torcida e o elenco está contente com o comparecimento do público. Acredito que nesta sexta-feira não será diferente", afirmou Sandro Gaúcho.

"Contra o São Vicente, sete torcedores desceram a serra, e apoiaram o time durante toda partida. É legal ver gente acreditando no nosso trabalho", contou o atacante Jefferson.

Após a partida desta sexta, a equipe irá realizar dois confrontos seguidas fora de casa, contra Taboão da Serra e Barcelona, e volta a jogar em casa no dia 29, contra Guarulhos.

Gramado - Aos poucos o time do Palestra vai se acostumado com o gramado sintético do Baetão. Sandro Gaúcho espera usar isso como um fator decisivo nos próximos jogos em casa.

Grêmio recontrata Adelmo e traz mais três

Adelmo, 27 anos, pode reaparecer reestrear nesta sexta-feira diante do Palestra como principal reforço do Grêmio Mauaense na sequência da Segundona do Campeonato Paulista. O grandalhão, de 1,96m, acredita que retrorna ao clube muito mais amadurecido pela pela experiência na Alemanha (Hannover) e no Uruguai (Nacional). Ao voltar do circuito internacional, o zagueiro rodou pelo futebol do Interior. "Agora, sei que posso dar um pouco mais de mim ao Grêmio", promete o capitão de um dos acessos disputados na temporada 2003.

Além de Adelmo, o supervisor João Bosco e o diretor Josmir Ferraz confirmaram o meia Cidão, 27 anos, ex-Oeste de Itápolis; o ala-direito Renato Raposo, 21, ex categorias de base da Lusa e o central Felipe, 19, uma das principais revelações da escolinha do Grêmio. Os quatro participaram dos trabalhos de quinta-feira no Baetão.

De todos eles, Adelmo é o que tem as melhores chances de preencher o sistema defensivo, segundo admitiu o próprio Zé Maria. No entanto, o técnico também pretende avaliar as condições psicológicas do xerife.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;