Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 2 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Falta maioria dos medicamentos em SP, diz secretário


Do Diário OnLine

05/01/2001 | 11:59


O secretário municipal da Saúde de São Paulo, Eduardo Jorge, afirmou nesta sexta-feira que a maioria dos medicamentos da cidade está em falta e quase metade da frota de ambulâncias está quebrada.

“Cinqüenta e seis por cento dos medicamentos estão zerados e 50% dos medicamentos hospitalares estão em falta. Além disso, mais de 120 ambulâncias estão quebradas, o que é quase metade da frota”, disse o secretário, em entrevista à rádio CBN, ressaltando que já vinha sendo informado sobre a situação de calamidade da área há três meses.

O diretor do Hospital Maternidade Escola, em Nova Cacheirinha, zona Norte de São Paulo, afirmou, também em entrevista, que a situação do hospital é de calamidade. Segundo ele, a insulina será suficiente apenas para o fim de semana e os medicamentos e materiais que a instituição possui devem acabar em 30 dias, e não há previsão de compra. “Não temos sequer papel higiênico. Só os banheiros de pacientes têm e deve acabar logo. Os banheiros dos funcionários não possuem”, disse.

Eduardo Jorge afirmou que com os poucos recursos da prefeitura, os materiais serão repostos aos poucos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;