Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 13 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Câmara de SP quer cortar em 40% verba de vereadores


Do Diário OnLine

10/03/2001 | 15:39


A Mesa Diretora da Câmara de São Paulo pretende cortar em 40% a verba destinada mensalmente para os gabinetes dos parlamentares, de cerca de R$ 82 mil. Com o corte, a verba chegaria a R$ R$ 49,2 mil.

Segundo o primeiro secretário da Mesa Diretora, Rubens Calvo (PSB), a diminuição não atingiria somente os salários, como também gastos gerais, como combustível, xerox, postagens, entre outros, seguindo determinação dos vereadores.

A verba original, que é de R$ 93 mil, já havia sido diminuída em 4% com o objetivo de afetar os gastos com benefícios em cascata — aqueles que são sobrepostos a outros e não sobre o salário-base — que os funcionários de confiança recebem.

O projeto, assinado por todos os membros da Mesa Diretora, deverá ser enviado à assessoria técnica da Casa.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Câmara de SP quer cortar em 40% verba de vereadores

Do Diário OnLine

10/03/2001 | 15:39


A Mesa Diretora da Câmara de São Paulo pretende cortar em 40% a verba destinada mensalmente para os gabinetes dos parlamentares, de cerca de R$ 82 mil. Com o corte, a verba chegaria a R$ R$ 49,2 mil.

Segundo o primeiro secretário da Mesa Diretora, Rubens Calvo (PSB), a diminuição não atingiria somente os salários, como também gastos gerais, como combustível, xerox, postagens, entre outros, seguindo determinação dos vereadores.

A verba original, que é de R$ 93 mil, já havia sido diminuída em 4% com o objetivo de afetar os gastos com benefícios em cascata — aqueles que são sobrepostos a outros e não sobre o salário-base — que os funcionários de confiança recebem.

O projeto, assinado por todos os membros da Mesa Diretora, deverá ser enviado à assessoria técnica da Casa.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;