Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Brasil registra em 2007 o segundo maior crescimento da década


Leone Farias
Do Diário do Grande ABC

13/03/2008 | 07:01


Impulsionado pela força da demanda interna, o Brasil registrou em 2007 o segundo maior crescimento econômico da década, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgados ontem.

A expansão do PIB (Produto Interno Bruto) – que é a soma das riquezas produzidas no País – foi de 5,4% no ano passado, bem mais do que os 3,8% de 2006 e pouco abaixo do índice de 5,7% de 2004.

Fatores como o aumento da massa salarial (rendimento médio multiplicado pelo total de trabalhadores ocupados) de 3,6% e o crescimento de 28,8% no saldo das operações de crédito, segundo o instituto, favoreceram o aumento do consumo, o que por sua vez estimulou as empresas a investirem para atender a demanda.

O levantamento do PIB ilustra esse movimento. O consumo das famílias cresceu 6,5% e a formação bruta de capital fixo – que são os gastos relacionados a investimentos, como aquisição de máquinas e equipamentos –, subiu 13,4%.

Com isso, a indústria da transformação acelerou (cresceu 5,1%), sobretudo como reflexo do bom desempenho em atividades como a fabricação de maquinário e automóveis.

IMPOSTOS

O aspecto negativo, nos dados do IBGE, foi o crescimento do volume dos impostos (9,1%). Foi a maior alta da série da pesquisa (desde 2000). Para a Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), serve como um alerta. “É preciso domar a fúria arrecadatória do governo”, afirma o presidente da entidade, Paulo Skaf.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;