Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Oposição quer detalhes
sobre saúde de Chávez

Estado do presidente da Venezuela é mantido em segredo há
mais de 3 semanas, desde cirurgia para retirada de um câncer



03/01/2013 | 01:29


A oposição venezuelana exigiu nesta quarta-feira que o governo revele detalhes específicos sobre o estado de saúde do presidente Hugo Chávez, criticando o segredo que envolve as condições de saúde do líder há mais de três semanas, desde que o presidente se submeteu a uma cirurgia em Cuba para a retirada de um câncer.

O líder da coalizão oposicionista, Ramon Guillermo Aveledo, disse que as informações fornecidas pelo governo "continuam sendo insuficientes". Chávez não é visto nem ouvido desde a cirurgia ocorrida em 11 de dezembro, e o vice-presidente, Nicolás Maduro, afirmou ontem que as condições de saúde do presidente permanecem "delicadas" devido às complicações decorrentes de uma infecção respiratória.

O irmão mais velho de Chávez, Adan, chegou em Havana nesta quarta-feira, disse Jorge Arreaza, genro do presidente e ministro da Ciência e Tecnologia. "Vamos nos encontrar com ele, com Maduro e com a procuradora-geral, Cilia Flores", disse Arreaza em uma mensagem postada no Twitter.

"A equipe médica nos explicou que as condições de saúde de Chávez continuam estáveis, dentro de um quadro delicado", informou Arreaza em outra mensagem, acrescentando que o líder "continua lutando arduamente e que envia todo o seu amor a seu povo". As informações são da Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Oposição quer detalhes
sobre saúde de Chávez

Estado do presidente da Venezuela é mantido em segredo há
mais de 3 semanas, desde cirurgia para retirada de um câncer


03/01/2013 | 01:29


A oposição venezuelana exigiu nesta quarta-feira que o governo revele detalhes específicos sobre o estado de saúde do presidente Hugo Chávez, criticando o segredo que envolve as condições de saúde do líder há mais de três semanas, desde que o presidente se submeteu a uma cirurgia em Cuba para a retirada de um câncer.

O líder da coalizão oposicionista, Ramon Guillermo Aveledo, disse que as informações fornecidas pelo governo "continuam sendo insuficientes". Chávez não é visto nem ouvido desde a cirurgia ocorrida em 11 de dezembro, e o vice-presidente, Nicolás Maduro, afirmou ontem que as condições de saúde do presidente permanecem "delicadas" devido às complicações decorrentes de uma infecção respiratória.

O irmão mais velho de Chávez, Adan, chegou em Havana nesta quarta-feira, disse Jorge Arreaza, genro do presidente e ministro da Ciência e Tecnologia. "Vamos nos encontrar com ele, com Maduro e com a procuradora-geral, Cilia Flores", disse Arreaza em uma mensagem postada no Twitter.

"A equipe médica nos explicou que as condições de saúde de Chávez continuam estáveis, dentro de um quadro delicado", informou Arreaza em outra mensagem, acrescentando que o líder "continua lutando arduamente e que envia todo o seu amor a seu povo". As informações são da Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;