Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 29 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Rouhani critica sanções contra o Irã



23/09/2013 | 05:49


O presidente Hasan Rouhani pediu nesta segunda-feira que o Ocidente interaja com o Irã sobre seu programa nuclear, denunciando as sanções como "inaceitáveis". Os comentários de Rouhani foram feitos enquanto o presidente se dirigia aos EUA, onde deverá se fazer um discurso na Assembleia da ONU na terça-feira.

"O caminho das sanções é um caminho inaceitável e irrealista. Aqueles que optaram por (sanções) não vão atingir seus objetivos", afirmou Rouhani a repórteres no aeroporto, segundo a agência de notícias Isna.

O Conselho de Segurança da ONU já impôs quatro rodadas de sanções ao Irã por não dar ouvidos a seis ultimatos sucessivos para suspender o enriquecimento de urânio. Os governos ocidentais suspeitam que o programa nuclear iraniano oculta um esforço para criar a capacidade de produção de armas.

"Em vez deste caminho, eles devem escolher um que é baseado em interação, negociação e entendimento", disse ele.

Rouhani disse que usará a oportunidade para corrigir a imagem do Irã criada sob as falas de seu antecessor linha-dura Mahmoud Ahmadinejad. O ex-líder do país havia feito discursos na Assembleia da ONU que tratavam da negação do Holocausto e teorias conspiratórias sobre os ataques terroristas de 2001 contra os EUA

Em Nova York, Rouhani deve se juntar ao principal diplomata do país, Mohammad Javad Zarif, que deverá se encontrar com seus homólogos do Reino Unido e da França, além de conversar com a chefe de política externa da União Europeia, Catherine Ashton, que representa as grandes potências nas negociações nucleares com o Irã.

Rouhani, por sua vez, deve se reunir com o presidente francês, François Hollande, à margem da reunião da ONU, o que deve marcar o primeiro encontro de alto nível entre a liderança do Irã e um chefe de Estado ocidental em quase uma década. Há especulações de que ele também pode se encontrar com o presidente dos EUA, Barack Obama, à margem da Assembleia Geral. Fonte: Dow Jones Newswires.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;