Fechar
Publicidade

Sábado, 31 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Sem renúncia. Por enquanto!

Ricardo Teixeira parece aquele sujeito na UTI, cheio de aparelhos, em estado terminal


Especial para o Diário

21/02/2012 | 00:00


Ricardo Teixeira parece aquele sujeito na UTI, cheio de aparelhos, em estado terminal. Os médicos sabem que não há mais o que fazer. É questão de dias.

Na sexta-feira, o site da CBF publicou que o presidente despachará normalmente após o Carnaval. A informação chegou justamente no momento em que se esperava sua saída, de acordo com os comentários da semana passada.

Teixeira foi para Miami e isso não tem nada a ver com tratamento de saúde, segundo Marco Polo del Nero, que almoçou com ele na quinta-feira.

Pode até ser que o presidente não saia da CBF neste momento, mas sua situação está ficando cada vez mais insustentável. Sem interlocutores no governo federal e na Fifa, o também presidente do Comitê Organizador da Copa de 2014 se vê cada vez mais acuado, enfraquecido, criticado, contestado e sem ambiente.

As federações marcaram reunião para o dia 29. Até lá, a especulação continuará. Vários desses presidentes estaduais, inclusive Del Nero, que sempre se locupletaram das benesses pecuniárias da CBF, estão abandonando o barco. Muitos parlamentares que compõem a bancada da bola também estão deixando Ricardo a ver navios. É que não estão recebendo mais as conhecidas contribuições (dinheiro).

Ricardo Teixeira pode se considerar o maior morto-vivo do futebol.

DIFERENÇAS

Campinas vibra com suas duas equipes no Paulistão. O Guarani ficou na liderança por um dia e mostra que vai dar trabalho para os grandes. A Ponte Preta é a oitava colocada e também faz campanha elogiável.

Enquanto isso Ribeirão Preto sofre com a dupla Come-Fogo. O Botafogo é o último colocado e o Comercial não sabe o que é vitória há três partidas, oscilando demais.

As duas pujantes cidades do interior paulista estão nas duas pontas da competição. Uma em cima e a outra em baixo.

BELAS CONTRATAÇÕES

O São Paulo acertou em cheio ao contratar Renê Simões para coordenar suas equipes de base.

Competente, articulado, experiente e conhecedor de futebol, Renê vai acrescentar muito para o Tricolor.

Outra grande contratação para coordenar os treinadores de goleiros foi de Carlos Roberto Gallo, o Ganso. Gente fina, bom caráter, profissional e de muita competência.

O Tricolor tem tradição de levar a sério a base. Investe milhões em estrutura e sempre soube colher bons frutos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;